Fraudes online duplicam e alcançam US$ 49B em 2023

Perdas por fraude em comércio eletrônico, emissão de passagens aéreas, transferência de dinheiro e serviços bancários atingirão US$ 48 bilhões em 2023

Um estudo da Juniper Research descobriu que as perdas anuais por fraude de pagamento on-line dos serviços de comércio eletrônico, emissão de passagens aéreas, transferência de dinheiro e serviços bancários atingirão US$ 48 bilhões em 2023, bem acima dos US$ 22 bilhões em perdas projetadas para 2018. A nova pesquisa da Juniper,Online Payment Fraud: Emerging Threats, Segment Analysis & Market Forecasts 2018-2023, análise de segmentos e previsões de mercado 2018-2023, alegou que um fator crítico por trás dessas perdas será o alto nível contínuo de violações de dados, resultando no roubo de informações pessoais sensíveis.

Identidade sintética em ascensão

A pesquisa da Juniper indica que os fraudadores estão usando as informações coletadas dessas violações para se afastarem do puro roubo de identidade, e ao invés disso usam dados fragmentados de identidades reais para criarem identidades novas e sintéticas. Com o aumento global dos esquemas de pagamento instantâneo e o foco no risco transacional e não no comportamental, a Juniper prevê que a transferência de dinheiro será particularmente vulnerável, com as perdas por fraude aumentando mais de 20% ao ano, para US $ 10 bilhões em 2023.

“Atualmente, a identidade sintética é bola da vez, porque embora leve tempo para os fraudadores se estabelecerem, muitos de seus alvos não estão alertas para detectar as ofertas comportamentais que indicam esse tipo de fraude. Os provedores de gerenciamento de fraudes têm soluções no mercado para combater isso, mas a indústria como um todo ainda está em preparação”, observou o autor da pesquisa, Steffen Sorrell.

Prevenção de fraudes omnichannel e segurança cibernética se tornam fundamentais

A Juniper prevê que as técnicas praticadas pelos grupos Magecart e Fin7, por exemplo, se tornarão mais comuns, à medida em que os fraudadores busquem criar novos golpes a partir de seu conhecimento. Nesses casos, os grupos usaram uma combinação de malware e abordagens entre canais para obter ganhos. A pesquisa observou ainda que, como resultado disso tudo, fraudes mais complexas só se tornariam mais comuns à medida em que surgisse um mercado de ‘fraude como serviço’. Assim, o relatório recomenda uma abordagem abrangente de prevenção a fraudes. A contratação de serviços omnichannel de prevenção à fraude e uma estratégia para avaliar e mitigar o risco de cibersegurança serão essenciais para a prevenção da fraude a curto e médio prazos. Um resumo da pesquisa pode ser baixada em

https://www.juniperresearch.com/document-library/white-papers/future-fraud-3-dynamics-changing-fraud

,

Compartilhe
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp