Fraude com pagamento online atingirá US$ 343 bi em cinco anos

Da Redação
11/07/2022

Um novo estudo da Juniper Research projeta que as perdas totais com fraudes de pagamentos online ultrapassarão US$ 343 bilhões globalmente nos próximos cinco anos, impulsionadas em grande parte pela inovação dos fraudadores em áreas como fraude de aquisição de contas e roubo de identidade. Isso ocorre apesar do uso generalizado de medidas de verificação de identidade.

A fraude de pagamento online inclui perdas nas vendas de bens digitais, bens físicos, transações de transferência de dinheiro e serviços bancários, bem como compras como passagens aéreas. Os ataques de fraudadores podem incluir phishing, comprometimento de e-mail comercial (BEC) e fraudes de engenharia social.

A pesquisa também descobriu que, para combater o aumento das fraudes, os fornecedores de prevenção de fraudes devem orquestrar a combinação certa de ferramentas de verificação, no ponto mais eficaz da jornada do cliente, para protegê-lo melhor. No entanto, isso exigirá recursos significativos.

Veja isso
53,3% das tentativas de fraude focam bancos e cartões
Fraudes mais comuns que bancos enfrentarão em 2022

“Fundamentalmente, não há duas transações online iguais, portanto, a maneira como as transações são protegidas não pode seguir uma solução de tamanho único. Os fornecedores de detecção e prevenção de fraudes de pagamento devem construir uma infinidade de recursos de verificação e orquestrar de forma inteligente soluções diferentes, dependendo das circunstâncias, para proteger corretamente comerciantes e usuários”, disse o autor do relatório Nick Maynard, chefe de pesquisa da Juniper Research.

A pesquisa identificou as compras de bens físicos como a maior fonte de perdas, estimando que isso represente 49% das perdas acumuladas por fraude de pagamento online globalmente nos próximos cinco anos, crescendo 110%.

Processos negligentes de verificação de endereços em mercados em desenvolvimento também são um grande risco de fraude, com fraudadores visando bens físicos especificamente devido ao seu potencial de revenda. Como tal, recomenda que os comerciantes adotem medidas antifraude fortes, incluindo várias fontes de verificação de endereço e autenticação multifator, para reduzir incidentes fraudulentos para comerciantes de bens físicos.

Compartilhar: