banner senha segura
senhasegura

Fitch Ratings alerta empresas para perda de valor após incidente cibernético

Alerta foi dirigido a empresas de água e esgoto: sua classificação agora incorpora a resiliência para administrar inclusive ataques cibernéticos
Da Redação
13/04/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Fitch Ratings publicou na semana passada um alerta para o “risco material” nas concessionárias de água e esgoto por causa de ataques cibernéticos – que também podem afetar sua capacidade de pagar dívidas. A Fitch é uma das três grandes agências globais de classificação de crédito (as outras duas são a Moody’s e a Standard & Poor’s).

A agência fez uma avaliação da resiliência das concessionárias americanas de água e esgoto em eventos inesperados, incluindo ataques cibernéticos, “que podem representar riscos financeiros e operacionais, e até mesmo a qualidade de crédito da infraestrutura crítica”. No alerta, a empresa avisa que “o gerenciamento e a governança normalmente são neutros para o crédito, mas podem ser considerados negativos se as concessionárias não tiverem capacidade para gerenciar adequadamente o risco cibernético ou se houver preocupações relacionadas à transparência, comunicação ou danos à reputação após um ataque cibernético”.

Veja isso
Valor médio de resgates cai, mas ataques de ransomware continuam altos
Relatório faz relação entre segurança cibernética e valor de ações na bolsa

O alerta acrescenta que “custos inesperados relacionados a violações cibernéticas podem enfraquecer as métricas de liquidez e restringir a avaliação do perfil financeiro geral de uma concessionária de acordo com os critérios da Fitch. Esforços de emergência para combater ataques cibernéticos podem reduzir as reservas de caixa e / ou aumentar as despesas operacionais, diminuindo os fundos disponíveis para o serviço da dívida. O financiamento de dívida imprevisto para apoiar a infraestrutura cibernética ou capitalizar perdas cibernéticas também pode enfraquecer os indicadores de alavancagem”.

Finalmente, a agência observa: “As violações cibernéticas também podem apresentar desafios à capacidade de uma concessionária de preservar a geração de receita e recuperar custos em tempo hábil. A perda ou corrupção de dados de clientes, arquivos eletrônicos e contas que leva à incapacidade de ler medidores ou acessar sistemas de faturamento e reduz a confiança do cliente pode afetar a capacidade de aumentar as taxas. A perda ou corrupção de dados também pode prejudicar a capacidade de uma concessionária de monitorar seus próprios sistemas e fornecer dados oportunos e de qualidade para reguladores e clientes. As concessionárias podem enfrentar uma possível ação regulatória por violação de regulamentos ou processos judiciais de outros constituintes, os quais podem resultar em encargos financeiros inesperados”.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório