block-chain-2850276_1280-1.jpg

FireEye e McAfee se fundem e criam empresa de US$ 2 bilhões

Nova operação combinada terá 5 mil funcionários e mais de 40 mil clientes em todo o mundo
Da Redação
03/10/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A McAfee Enterprise e a FireEye Products anunciaram a assinatura de um acordo para fusão de suas operações e a criação de uma empresa, após a aquisição do negócio de produtos da FireEye pelo Symphony Technology Group (STG). 

A nova empresa já nasce com receita de quase US$ 2 bilhões, mais de 40 mil clientes e 5 mil funcionários. Ela será comandada por Bryan Palma, que se juntou à FireEye como vice-presidente executivo da FireEye Products em fevereiro deste ano. Ele fez uma parceria com o CEO da FireEye, Kevin Mandia, para renovar a estratégia de produtos e fechar a venda ao STG por US$ 1,2 bilhão. Palma terá a companhia de Ian Halifax, que recentemente ingressou na McAfee Enterprise como diretor financeiro e será o CFO da operação combinada.

A McAfee vendeu sua divisão de soluções corporativas para um consórcio liderado pelo STG por US$ 4 bilhões em março deste ano. Na época, analistas do setor não ficaram surpresos, mas não achavam que o negócio faria muito pelos consumidores ou clientes corporativos da McAfee. A divisão de soluções corporativas, que havia sido planejada operar como uma empresa autônoma sob a STG, representou US$ 1,3 bilhão da receita de US$ 2,9 bilhões da McAfee em 2020.

Meses após a venda da McAfee, a FireEye anunciou planos de vender seu negócio de produtos para a STG por US$ 1,2 bilhão, com a empresa remanescente renomeada como Mandiant Solutions. O acordo separou os produtos de segurança de rede, e-mail, endpoint e nuvem da FireEye, junto com sua plataforma de orquestração e gerenciamento de segurança, do software e serviços da Mandiant, que se tornou mais conhecida por seu trabalho em inteligência contra ameaças e especialização em segurança.

Veja isso
McAfee anuncia venda da divisão Enterprise por US$ 4 bilhões
FireEye vende área de produtos à STG por US$ 1,2 bilhão

A nova empresa passa a operar já nesta segunda-feira, 4, quando a FireEye mudará seu nome corporativo e será relançada como Mandiant. O código para negociação das ações ordinárias da empresa na Nasdaq mudará para MNDT, já na abertura do pregão em 5 de outubro.

A transação, segundo a FireEye, permitirá que ambas as partes do negócio “acelerem os investimentos para o crescimento, busquem novos caminhos de entrada no mercado e concentrem a inovação em suas respectivas soluções”. 

Analistas de segurança previam que a venda de negócio de produtos da FireEye ajudaria a impulsionar o crescimento da Mandiant, mas geraria incerteza para os usuários de suas ferramentas de segurança de rede, e-mail, endpoint e nuvem. Agora, essas ferramentas serão integradas às da McAfee Enterprise no quarto trimestre para criar um portfólio de segurança para proteger os usuários em endpoints, infraestrutura, aplicativos e nuvem.

As duas empresas têm alguma sobreposição em suas ofertas de produtos de segurança em nuvem e cada uma tem suas próprias plataformas de gerenciamento de informações e eventos de segurança (SIEM). Ainda não está claro como ficará a composição dessa linha de produtos combinados nem como será chamada. Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest