FBI aponta os 6 maiores crimes cibernéticos de 2021

Relatório de cibercrime 2021 do FBI mostra o dobro de queixas e o quádruplo de prejuízos na comparação com o estudo de 2017
Da Redação
22/03/2022

Saiu o Internet Crime Report de 2021 do FBI. O estudo mostra os cinco maiores crimes cibernéticos do ano passado em termos de prejuízo e mostra também que eles são quatro vezes maiores do que o total de 2017 – embora o número de queixas não seja o quádruplo e sim o dobro. Os top 6 crimes foram:

  1. Business e-Mail compromise – US$ 2.395.953.296
  2. Investimentos fraudulentos – US$ 1.455.493.193
  3. Golpe em romance/namoro – US$ 956.039.740
  4. Vazamento/exposição de dados pessoais – US$ 517.021.289
  5. Golpes em transações imobiliárias – US$ 350.328.166
  6. Golpe do suporte técnico – US$ 347.657.432

Veja isso
Servidor do FBI usado no envio de 100 mil e-mails falsos
FBI recupera US$ 2,3 milhões da Colonial Pipeline

O  “Relatório de Crimes na Internet de 2021” traz informações coletadas em 847.376 queixas de suspeitas de crimes ocorridos na Internet – um aumento de 7% em relação a 2020 – , cujas perdas foram superiores a US$ 6,9 bilhões. Os três principais crimes cibernéticos relatados pelas vítimas em 2021 foram com golpes de phishing, golpes de não pagamento/não entrega e violação de dados pessoais. As vítimas perderam mais dinheiro em esquemas de comprometimento de e-mail comercial, fraude de investimento e esquemas de romance e confiança.

Além das estatísticas, o  Relatório de Crimes na Internet de 2021 do IC3   contém informações sobre os golpes na Internet mais prevalentes que afetam o público e oferece orientações para prevenção e proteção. Ele também destaca o trabalho do FBI no combate ao crime na Internet, incluindo exemplos de casos recentes.

O relatório está em
hxxps://www.ic3.gov/Media/PDF/AnnualReport/2021_IC3Report.pdf

Compartilhar:

Últimas Notícias