Facebook ficou fora do ar 5h 42m 48s

Embora o Facebook tenha voltado ao ar, o WhatsApp ainda permanece instável, enquanto o Instagram já exibe seu conteúdo online.
Paulo Brito
04/10/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Os registros de DNS que apontam para o Facebook acabam de retornar à internet. Segundo o especialista em redes Carlos Rodrigues, baseado em Lisboa, o servidor de nomes da empresa passou a responder exatamente às 09:26:26, ou seja, cinco horas, 42 minutos e 48 segundos depois de terem deixado de operar exatamente às 11:43:38, horário de Brasília. Apesar disso, a propagação dos endereços para o resto do mundo – inclusive dos utilizados pelo WhatsApp e INstagram – toma tempo, não é imediata.

Rodrigues informa que os IRRs da empresa (Internet Routing Registry) agora estão válidos conforme indica a imagem: “O sistema de Registro de Roteamento da Internet “IRR, Internet Routing Registry” é um conjunto de registros de roteamento cujo propósito é permitir que os grandes operadores registrem e realizem procuras de sua própria política de roteamento bem como as de outras redes”.

Veja isso
DNS de WhatsApp, Facebook, Instagram somem da Internet
Oracle Cloud fica inacessível após problema com seu DNS

Embora o Facebook tenha voltado ao ar, o WhatsApp ainda permanece instável, enquanto o Instagram já exibe seu conteúdo online.

A causa do problema foi a perda dos dados que orientam a conexão da rede do Facebook com a internet (para uso do BGP ou border gateway protocol). Em parte do tempo em que a empresa esteve fora do ar, o domínio do Facebook.com chegou a ser ofertado automaticamente para venda pelo GoDaddy.

As ações da empresa baixaram 16,78% nesta tarde, fechando a US$ 326.23.

“Estamos enfrentando problemas de rede e as equipes estão trabalhando o mais rápido possível para depurar e restaurar o mais rápido possível”, disse o diretor de tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, no Twitter às 12h52, horário do Pacífico – três horas após o início da interrupção.

“Embora possa parecer uma falha imensa em todos esses serviços e aplicativos, o motivo é provavelmente um serviço DNS que todos eles usam para rotear suas páginas e serviços para nossos dispositivos”, afirma Lotem Finkelsteen, head de inteligência de ameaças da Check Point Software Technologies.

Segundo Finkelsteen, o DNS é simplesmente o protocolo da Internet para converter as palavras que usamos, como Facebook.com, em uma linguagem que os computadores conhecem – números ou endereço da Internet. “Eles fazem a conversão e nos encaminham para os serviços e aplicativos que pedimos para usar. Quando esse serviço cai, os serviços parecem que estão fora do ar, mas somente não estão acessíveis”, informa Lotem Finkelsteen.

Doug Madory, diretor de análise de internet da Kentik Inc., disse que parece que o Facebook retirou “rotas DNS autorizadas” que permitem que o resto da internet se comunique com suas propriedades. Essas rotas fazem parte do Sistema de Nomes de Domínio da Internet, uma estrutura chave que determina para onde o tráfego da Internet precisa ir. O DNS traduz um endereço como “facebook.com” em um endereço IP como 123.45.67.890. Se os registros DNS do Facebook desaparecessem, os aplicativos e endereços da web não seriam capazes de localizá-lo.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest