Facebook busca comprar empresa de cibersegurança

Paulo Brito
21/10/2018
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Depois de mais um grande vazamento – aquele anunciado e admitido semanas atrás – o Facebook está intensificando sua busca por uma empresa de cibersegurança. A informação foi dada por fontes ligadas à empresa ao portal Theinformation.com, de São Francisco, que publicou essa informação hoje às 14h30 (horário de Brasília).

O Facebook tem uma grande quantidade de especialistas de segurança, mas é um alvo extremamente visado e bombardeado o tempo todo por tentativas de invasão. Além disso, tem um programa de bug bounty que paga somas muito boas a quem descobre vulnerabilidades. No entanto, ele precisa de muito mais para se garantir e essa é a principal razão para ir atrás de uma empresa de segurança. Em resumo, tudo o que o Facebook tem em termos de segurança ainda é pouco.

As negociações ainda são 100% sigilosas, naturalmente, porque esse é um negócio que pode valer bilhões. Sabe-se apenas que várias empresas foram abordadas recentemente e naturalmente elas ainda não estão identificadas (e dificilmente serão a curto prazo). Mas as poucas pessoas que sabem do assunto disseram ao portal que o negócio poderá ser fechado até o final do ano. Essa compra tem a ver com vários problemas:

  1. Acionistas podem derrubar Mark Zuckerberg do cargo de CEO a qualquer momento por não acreditarem mais nele
  2. O Facebook é tão grande que nenhuma seguradora deve ter planos para garantir indenizações em caso de vazamento
  3. A ocorrência de vazamentos no passado podia ser resolvida com um telefonema ao usuário e um pedido de desculpas, mas agora isso pode custar multas elevadíssimas
  4. Os vazamentos podem corroer a reputação da empresa especialmente nas suas capacidades nas operações de marketing e mídia para os clientes

É isso aí.

 

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest