F5 adquire Threat Stack, especializada em cloud security

Empresa faz detecção de ameaças em tempo real para infraestrutura e cargas de trabalho em nuvem
Da Redação
20/09/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A F5 Networks anunciou hoje que fechou um acordo com a Threat Stack, uma empresa especializada em segurança em nuvem e proteção de carga de trabalho, para adquirir seu controle acioniário. As soluções de proteção de aplicativos e API da F5, combinadas com os recursos e experiência de segurança em nuvem da Threat Stack, aumentarão a visibilidade em toda a infraestrutura de aplicativos e cargas de trabalho, tornando mais fácil para os clientes adotar uma segurança consistente em qualquer nuvem, afirma o comunicado da F5.

A F5 irá adquirir todas as ações emitidas e em circulação da Threat Stack, que é uma de capital fechado com sede em Boston, por US $ 68 milhões, sendo a compra financiada com dinheiro em caixa. Espera-se que a transação seja irrelevante para os resultados financeiros da F5, adicionando aproximadamente US $ 15 milhões em receita para o ano fiscal de 2022, sem nenhuma alteração nas metas de margem operacional previamente declaradas da F5 para o ano fiscal de 2022, afirma o comunicado da F5.

Veja isso
Hackers chineses exploram bugs no F5, Citrix, Pulse e Exchange
Kape adquire ExpressVPN por US$ 936 milhões

A F5 tem um crescimento de receita da ordem de 12% ao ano, segundo declarações de François Locoh-Donou, presidente e CEO: “O crescimento robusto de software e a demanda resiliente por sistemas geraram um crescimento de receita GAAP de 12% em nosso terceiro trimestre e um crescimento de receita de 11% em relação à receita não-GAAP do terceiro trimestre do ano anterior”, afirmou em julho ao anunciar o relatório do terceiro trimestre fiscal de 2021.

A aquisição está sujeita às condições habituais de fechamento e deve ser concluída no primeiro trimestre do ano fiscal de 2022 da F5, terminando em 31 de dezembro de 2021.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest