banner senha segura
senhasegura
conclusion-of-the-contract-3100563_1280.jpg

F5 adquire plataforma edge-as-a-service Volterra por US$ 440 milhões

Estratégia é criar a primeira plataforma Edge 2.0, levando segurança para a borda da rede
Da Redação
19/01/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A F5, empresa de soluções de segurança, e a Volterra, a primeira plataforma edge-as-a-service, assinaram acordo definitivo por meio do qual a F5 adquirirá todas as ações emitidas e a emitir da Volterra por aproximadamente US$ 440 milhões e aproximadamente US$ 60 milhões em remuneração diferida e compensação por incentivos não concedidos presumidos para fundadores e funcionários da empresa. 

Com a transação, a F5 adiciona ao seu portfólio a plataforma tecnológica da Volterra, o que resultará na criação de uma plataforma edge voltada a empresas e provedores de serviços com foco na segurança e funcionalidade app-driven com escala ilimitada.

“As atuais soluções edge são simplesmente inadequadas para clientes empresariais. É tempo de nos libertarmos de sistemas edge fechados que só perpetuam a dor do desenvolver, executar e dar segurança a apps”, disse François Locoh-Donou, presidente e CEO da F5.

Segundo ele, com a Volterra, a empresa fará avançar a sua visão de aplicações adaptativas com uma plataforma Edge 2.0 que resolve a complexa realidade multinuvem confrontada pelos clientes empresariais. “Nossa plataforma criará uma solução SaaS que resolve os problemas mais críticos dos nossos clientes. O sucesso da transformação de software da F5 nos colocou em uma posição de entregar no potencial do Edge 2.0 e redefinir a nossa posição competitiva”, afirma.

Ainda de acordo com Locoh-Donou, a Volterra permitirá o desenvolvimento de plataforma Edge 2.0 open edge, o que transformará a posição da F5 em segurança e distribuição de aplicações empresariais, atacando os desafios inerentes com soluções edge de primeira geração. 

Veja isso
F5 Networks compra a Shape Security por US$ 1 bilhão
FireEye e F5 anunciam parceria

Os comitês de diretores da F5 e da Volterra autorizaram a transação, que está sujeita a aprovações regulatórias e outras condições habituais de concretização do negócio. A expectativa é que o negócio seja concluído ainda neste primeiro trimestre do ano.

Na concretização da transação, Ankur Singla, fundador e CEO da Volterra, e a equipe de liderança da empresa ocuparão cargos na alta direção da F5. A Volterra permanecerá em sua atual sede em Santa Clara, na Califórnia.

Resultados do primeiro trimestre

A F5 liberou também a previsão dos resultados financeiros do seu primeiro trimestre do ano fiscal de 2021. Com base nas informações disponíveis no momento, a empresa estima os resultados abaixo para o trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2020. A receita GAAP deve ficar entre US$ 623 milhões e US$ 626 milhões, representando um crescimento de aproximadamente 10% em relação ao período do ano anterior.

“Estamos em vias de apresentar o nosso melhor resultado trimestral desde que embarcamos em nossa transformação, com um crescimento das receitas de aproximadamente 10% impulsionado por uma forte demanda contínua de software, juntamente com resiliência em nosso negócio de sistemas”, acrescentou Locoh-Donou.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório