F-Secure compra negócio de segurança móvel da Lookout

Empresa finlandesa de segurança cibernética, que opera no Brasil por meio de um subsidiária, pagou US$ 223 milhões negócio de segurança voltado ao mercado de consumo
Da Redação
27/04/2023

A F-Secure, empresa finlandesa de segurança cibernética que opera no Brasil por meio de um subsidiária, anuncia a aquisição do negócio de segurança móvel voltado ao mercado de consumo da Lookout por US$ 223 milhões.  O fechamento do negócio se dá após a longa transição da Lookout para se tornar uma empresa de segurança corporativa, que está quase completa.

Fundada em Boston (EUA) em 2009, a Lookout começou originalmente como uma empresa de backup de dados e segurança de smartphones com foco no consumidor, conquistando milhões de usuários e centenas de milhões em financiamento de investidores, incluindo Andreessen Horowitz, Accel, Greylock, Morgan Stanley, Deutsche Telekom e Jeff Bezos.

Nos últimos dez anos, a Lookout ampliou gradualmente seu alcance no mundo dos negócios, firmando parcerias empresariais com gigantes da tecnologia como a Samsung. Alguns anos atrás, a empresa iniciou sua caminhada para se consolidar no mercado B2B quando comprou a startup de segurança cibernética nativa da nuvem CipherCloud, empresa focada no crescente segmento de segurança de serviço de acesso seguro (SASE).

Embora ainda ofereça um conjunto de produtos de segurança para o mercado consumidor final, incluindo software antivírus para smartphones, fica claro que a trajetória da Lookout nos últimos anos tem feito com que se aproxime muito do segmento corporativo, e por isso está se desfazendo de quase todos os negócios remanescentes voltados ao consumo para a F-Secure, que vende de tudo, desde ferramentas de proteção para endpoints, gerenciamento de senhas até aplicativos antivírus.

Veja isso
Falso antivírus usa Anistia Internacional para hacking
Hackers roubam logs de antivírus para saber se spyware foi detectado

A Lookout diz que com a transação, que espera ser concluída nos próximos dois meses, seus negócios “agora evoluirão para uma empresa empresarial pura”, com foco em segurança de endpoint móvel e segurança na nuvem. Embora não tenha revelado quanto negócio de consumo representa hoje da receita, a empresa disse que os recursos serão reinvestidos em seus produtos corporativos, juntamente com os US$ 150 milhões em financiamento de dívida que garantiu da BlackRock no ano passado.

Para a F-Secure, o acordo dá a ela uma posição mais forte no mercado dos Estados Unidos especificamente, além de reforçar sua linha de software de consumo existente com um conjunto de produtos bastante semelhantes. “Em linha com a nossa estratégia, estamos buscando crescimento orgânico e por meio de aquisições”, disse o CEO da F-Secure, Timo Laaksonen, em comunicado. “A aquisição da unidade de negócios de consumo da Lookout é um passo significativo no desenvolvimento de nossos negócios nos EUA. Com um portfólio de produtos de software complementar e forte competência no desenvolvimento de produtos móveis, a unidade de negócios de consumo da Lookout é perfeita para a F-Secure.” Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar:

Últimas Notícias