Europol lança força-tarefa para combater cibercrimes

Paulo Brito
01/09/2014

Europol lança força-tarefa para combater cibercrimesA Europol lançou hoje oficialmente sua força-tarefa conjunta de combate a cibercrimes (J-CAT), fortalecendo a luta contra a cibercriminalidade na União Europeia e fora dela. Sediado no Centro de Cibercrime Europeu (EC3) na Europol, o J-CAT estará em operação-piloto por seis meses e coordenará investigações internacionais com parceiros de trabalho de vários países para tomar medidas contra as ameaças do cibercrime e atingir alvos como fóruns clandestinos e ferramentas de malware, incluindo trojans bancários. O J-CAT será liderado por Andy Archibald, diretor-adjunto da Unidade Nacional de Crime Cibernético da Agência Nacional de Crimes do Reino Unido (NCA).

O órgão foi fundado pelo EC3 da Europol (força-tarefa de Cibercrime da União Europeia), pelo FBI e pela NCA. As principais contribuições para o pool de inteligência serão os Estados-Membros da União Europeia através do EC3, e outros parceiros de cooperação. Até o momento, os membros do J-CAT são Áustria, Canadá, Alemanha, França, Itália, Holanda, Espanha, Reino Unido e os EUA. Austrália e Colômbia também se comprometeram com a iniciativa.

 

Compartilhar:

Últimas Notícias