EUA ganham lei contra ataques cibernéticos

Paulo Brito
13/12/2013
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

EUA ganham lei contra ataques cibernéticosNum esforço para proteger melhor “a maioria dos ativos críticos” da nação, como as indústrias de energia e abastecimento de água e o setor financeiro, o legislativo americano aprovou quarta-feira uma nova legislação de segurança cibernética.

O projeto, chamado de Lei Nacional de Cibersegurança e Proteção de Infra-estrutura Crítica, foi apresentado como um esforço bipartidário de quatro parlamentares. Em um comunicado, o Comitê de Segurança Interna do Congresso informoui que a legislação “fortalece a segurança cibernética de 16 setores de infraestrutura crítica do país, assim como o governo federal, estruturando, fortalecendo e proporcionando supervisão sobre a missão de segurança cibernética do Departamento de Homeland Security (DHS) – órgão responsável pela garantia da segurança de nossa infra-estrutura crítica” .

A legislação visa apoiar também a cooperação público-privada para manter o país a par das ameaças de “hackers e de outros estados que procuram furtar, destruir ou destruir” os ativos do país. O projeto de lei de 54 páginas define como a detecção de ameaças em tempo real pode ser melhorada pelo Centro Nacional de Cibersegurança e Integração de Comunicações (NCCIC) e procura garantir que o Plano Nacional de Resposta a Incidentes de Cibersegurança seja atualizado e implementado regularmente.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest