Entidades criam programa para projetos de código seguro

Da Redação
09/11/2023

O Linux Foudation Training & Certifications, o (ISC)², principal instituto do mundo voltado à educação e certificações profissionais em segurança cibernética, e a Open Source Security Foundation (OpenSSF)anunciaram nesta quarta-feira, 8,  uma nova colaboração para capacitar a comunidade de segurança cibernética de código aberto no desenvolvimento de software seguro, compartilhamento de conhecimento, educação, certificação e muito mais. Juntas, as três organizações liderarão programas de desenvolvimento de software seguro e o gerenciamento do ciclo de vida para código fonte aberto.

A colaboração se concentrará inicialmente em ajudar os profissionais de desenvolvimento de software em todo o mundo a construir código que garanta que a segurança cibernética forte seja um componente-chave do design e da execução do código. Os recursos de treinamento e certificação existentes das organizações, incluindo as certificações Certified Information Systems Security Professional (CISSP), CSSLP (Certified Secure Software Lifecycle Professional) e Certified in Cybersecurity (CC) da  ISC2, globalmente reconhecidas, serão usados em seus respectivos programas para fornecer uma combinação de treinamento de conformidade e segurança cibernética, juntamente com as melhores práticas.

Outras iniciativas planejadas incluem:

  • Desenvolvimento de novos programas de aprendizagem baseados em funções que incluem cursos, certificações e laboratórios de prática baseados na realidade. A área de foco será o desenvolvimento de microsserviços seguros.
  • Informações sobre regulamentos, requisitos e melhores práticas de segurança cibernética, com ênfase no desenvolvimento de software colaborativo seguro.
  • Produção de ferramentas de pesquisa relevantes para a indústria identificar melhor as necessidades e acompanhar o efeito das iniciativas de segurança cibernética.

Veja isso
(ISC)² terá exame de certificação em cyber para mais cinco idiomas
Fundação Linux anuncia open source para assinatura de software

Em comunicado, as organizações disseram que o impacto do código fonte aberto em relação à segurança cibernética não pode ser negligenciado. “Ele alimenta a inovação em todo o mundo e estima-se que esteja em uso em 90% das organizações comerciais, permitindo que empresas e consumidores prosperem de inúmeras maneiras.”

“Apesar da aceleração dos riscos cibernéticos, pouca atenção e poucos recursos são dedicados à segurança cibernética”, disse Clyde Seepersad, vice-presidente sênior e gerente geral de treinamento e certificação da Linux Foundation. “Ao alinhar os recursos e objetivos de nossas organizações coletivas, esperamos aumentar nosso impacto geral na segurança cibernética para a melhoria de todos.”

“Com organizações e consumidores sob constante ameaça, a colaboração entre a maior fundação de software de código aberto do mundo e a maior associação profissional de segurança cibernética do mundo provará ser uma força poderosa para garantir um futuro seguro para todos”, disse o CEO do (ISC)², Clar Rosso. “O código-fonte aberto seguro é fundamental, pois é a base de tanta inovação em todo o mundo. Junto com a Linux Foundation, o (ISC)² se dedica a garantir que os desenvolvedores tenham acesso à educação e ao treinamento de que precisam para oferecer soluções mais seguras e resilientes.”

“A educação é uma das melhores maneiras de garantir que o software de código aberto seja seguro pela construção”, disse Omkhar Arasaratnam, diretor geral da OpenSSF. Nossa parceria com o (ISC)² ajudará a melhorar o acesso à educação de segurança de qualidade para todos.”

Compartilhar: