Empresário ownado negocia e salva US$ 39 mil

Paulo Brito
11/10/2018
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O empresário americano Jared Goetz, uma das celebridades mundiais do marketing digital, ficou literalmente nas mãos de um hacker – totalmente ‘owned’ – segundo controu em uma entrevista à revista Motherboard. O hacker, um alemão de 17 anos, conseguiu o controle do chip do celular de Goertz e desse modo assumiu todas as suas contas, a começar pelo e-Mail. Subitamente, o chip do telefone deixou de funcionar.  Numa de suas ações, o hacker adquiriu um domínio no valor de US$ 39 mil utilizando os dados do cartão American Express do empresário, mas a transação foi bloqueada pelo cartão.

O ataque começou a ser notado durante um jantar, quando Goertz recebeu uma mensagem do American Express informando que havia sido bloqueada a tentativa de compra do domínio. Logo depois o telefone parou de funcionar. Ao voltar ao hotel, tentou entrar na sua conta da operadora mas a senha havia sido mudada. Ao tentar entrar no e-mail, foi avisado de que essa senha tinha sido mudada uma hora antes. Não demorou muito e o telefone tocou, voltando a funcionar.

A voz do outro lado começou dizendo “eu quero três bitcoins e vou deixar você em paz”. Começou aí uma conversa de uma hora e meia que Goetz gravou e que a Motherboard publicou. Sendo a terceira vítima do hacker naquele dia, o empresário convenceu o hacker a devolver suas contas roubadas. A conversa infelizmente está em inglês, mas é mais um trecho importante na história da segurança da informação. O que aconteceu com ele indica a existência de um problema de segurança na administração pelo menos da T-Mobile, que era a sua operadora.

 

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest