Empresa invadida por hackers? Tem de avisar o mercado

Paulo Brito
13/06/2014
Empresa invadida por hackers? Tem de avisar o mercado
Target: invasão descoberta em novembro passado

As empresas de capital aberto que são vítimas de ciberataques devem considerar a possibilidade de divulgar informação adicionais para ajudar na proteção dos clientes cujos dados podem estar em risco. A proposição foi apresentada ontem por Luis Aguilar, diretor da Securities and Exchange Commission, o equivalente americano da Comissão de Valores Mobiliários no Brasil. Foi na verdade um apelo para as empresas e os seus conselhos, em discurso na bolsa de Nova York. “Gostaria de incentivar as empresas a ir além do impacto sobre elas próprias e considerar também o impacto sobre os outros”, disse Aguilar num discurso escrito com antecedência.

“É possível que um ciberataque possa não ter impacto material direto sobre a empresa, mas uma vazamento de dados pessoais e financeiros sobre os clientes pode ter efeitos devastadores sobre a vida deles. Nesse casos, a coisa certa a fazer é dar a essas vítimas um aviso para que possam se proteger. ” Os comentários de Aguilar são relacionados aos vazamentos de dados registrados nos servidores da Adobe Systems e da rede Target de supermercados.

Compartilhar:

Últimas Notícias