Photo by FLY:D on Unsplash

Empresa de recuperação de crédito ficou paralisada 15 dias

Da Redação
22/11/2022

A empresa de recuperação de crédito Paschoalotto, sediada em Bauru e com filiais em Marília, Agudos e Ribeirão Preto, uma das maiores do país nesse ramo, comunicou hoje a retomada de suas operações, após 15 dias de interrupção causada por um incidente cibernético.

Veja isso
Setor financeiro opera sob falsa sensação de segurança
APIs fragéis podem estar colocando finanças em risco

Na segunda-feira dia 7 de Novembro de 2022, a empresa, que opera principalmente com a cobrança de dívidas de bancos e financeiras, suspendeu suas operações e dispensou a maior parte dos seus quase 17 mil funcionários. No mesmo dia ela comunicou à mídia a ocorrência de um incidente cibernético com a seguinte nota: “A Paschoalotto Serviços Financeiros informa que foi vítima de uma tentativa de ataque cibernético. Todo departamento de segurança interno e consultorias agiram rapidamente e seguem trabalhando para restabelecer suas operações o mais breve possível. Nenhuma outra ocorrência foi constatada quanto a segurança de dados”.

Até o momento, nenhum grupo de ransomware assumiu a autoria do ataque à empresa. O comunicado da empresa hoje não acrescenta nenhum detalhe sobre o ataque e diz o seguinte: “A Paschoalotto S/A e a Pagou Facil informam que estão retomando suas atividades progressivamente. Agradecemos a todos os nossos clientes, parceiros e consumidores pela solidariedade e mensagens de apoio nesses últimos dias. A todo nosso time interno que atuou ininterruptamente pela nossa volta, o nosso total reconhecimento. A empresa reforça seu compromisso com o mercado e a sociedade no mais alto padrão de qualidade na prestação dos seus servicos, mantendo seus valores de centralidade no cliente, diversidade e inclusão, agilidade e excelência”.

Compartilhar: