Crossover começa a recrutar engenheiros de software no Brasil

Paulo Brito
24/08/2017
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Hackaton da Crossover
Hackaton da Crossover

A empresa global de recrutamento e tecnologia Crossover está planejando sua segunda competição de codificação no Brasil para o dia 26 de agosto, no Rio de Janeiro. Após ter feito um torneio no final de Julho, a empresa  dará outra chance aos especialistas brasileiros em codificação de ganhar uma das vagas para  até 50 empregos remotos de engenheiros de software sênior, com a possibilidade de um salário anual de até R$ 321 mil. Os cargos disponíveis são todos em empresas de software dos EUA que procuram programadores em Ruby on Rails ou PHP.

O primeiro torneio foi no final de Julho, em São Paulo, oferecendo aos brasileiros a chance de serem contratados pelo mesmo salário – quase R$ 30 mil por mês.

Andy Tryba, CEO da Crossover, explicou ao Cisoadvisor que a empresa, com sede nos EUA, começou a organizar os chamados “torneios de contratação” há seis meses na Europa Oriental, África do Norte e Ásia Ocidental, incluindo a Polônia, Rússia, Egito e Paquistão. O evento no Brasil foi o primeiro na América do Sul. Semelhante a um “hackathon”, os torneios de contratação da Crossover envolvem profissionais seniores – principalmente engenheiros de software – que se reúnem e passam por uma série de testes básicos, alguns desafios de codificação e uma entrevista técnica. Àqueles com os melhores resultados são oferecidos instantaneamente um trabalho remoto (eles podem trabalhar de qualquer lugar) em empresas americanas, como Aurea Software, Jive, CrazyEgg e Versata.

Leia a entrevista de Andy Triba ao Ciso Advisor:

Em geral, como é o mercado brasileiro de profissionais de TI: escassez ou abundância? Com certeza há uma abundância. Nosso primeiro torneio de contratação na América do Sul foi no Brasil, em São Paulo, e tivemos mais de 800 inscrições. Havia um limite de 100 participantes, mas 133 pessoas apareceram. Tivemos a oportunidade de trazer US $ 2 milhões / ano em empregos para a economia brasileira em um único dia. Continuaremos a fazer mais torneios de contratação no Brasil, e temos plena confiança no talento brasileiro.

Quais são as especialidades mais abundantes e as que estão mais em falta? O mercado brasileiro é rico em tecnologias como Java, Javascript e .NET. Especialmente para candidatos experientes que se candidatam a salários da ordem de US$ 100K / ano e acima e habilidades de língua inglesa as perspectivas são promissoras.

Você pode falar sobre a escassez de profissionais de segurança de TI? Uma vez que procuramos talentos em escala global e contratamos somente os 1% dos melhores talentos, acredito que não temos escassez nessa área.

O que você acha da habilidade da força de trabalho geral brasileira e da habilidade do pessoal de segurança em particular? A energia e a motivação do talento brasileiro é um trunfo, suas habilidades de comunicação e o fuso horário similar ao das empresas dos EUA trabalha a seu favor. Para a maioria dos talentos lá fora, ter horas de trabalho flexíveis conosco e gerenciar suas próprias agendas ao mesmo tempo em que melhoram então seus salários atuais pode significar o trabalho dos sonhos.

Você poderia nos dizer como a Crossover prepara os hackatons e como os profissionais são selecionados? A Crossover está aplicando certos filtros. Por exemplo, se estivermos fazendo um torneio de contratação em São Paulo para arquiteto-chefe de Java, estamos procurando candidatos que tenham mais de 10 anos de experiência em desenvolvimento com Java e tecnologias relacionadas. Como os candidatos estão se inscrevendo em nossos torneios de contratação, buscamos certas habilidades e confirmamos quem é elegível para ser contratado. É uma combinação de recrutamentos de alto nível e esforços de marketing.

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest