45% das indústrias não têm líder de cibersegeurança

Em 45% das indústrias não há líder de cibersegurança

Da Redação
12/03/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Pesquisa da Honeywell e LNS Research ouviu tomadores de decisão de empresas do ramo industrial na América do Norte, Europa e outras partes do mundo

45% das indústrias não têm líder de cibersegeurança

A pesquisa “Colocando a cibersegurança industrial no topo da agenda do CEO”, realizada pela Honeywell em colaboração com a LNS Research, mostrou que em 45% das 130 organizações pesquisadas os entrevistados admitiram não haver um líder corporativo confiável para segurança cibernética.  

Por outro lado, 40% já têm um chefe de segurança cibernética, enquanto 15% planejam ter esse cargo no próximo ano. Quando se trata de empresas que de fato têm ‘chão-de-fábrica’, apenas 35% das organizações têm um funcionário no papel de supervisor da segurança cibernética.

A pesquisa também indica que há hesitação das empresas industriais em adotar as melhores práticas de segurança. Um total de 20% dos entrevistados admitiu não realizar avaliações regulares de risco, enquanto 25% não realiza testes regulares de penetração em seus firewalls. “Esses resultados podem não ser tão surpreendentes, considerando que alguns dos novos fornecedores de soluções estão oferecendo monitoramento passivo para os sistemas e redes de controle industrial; os benefícios são claros e os custos iniciais foram dramaticamente reduzidos ”, informa a pesquisa.

Matthew Littlefield, presidente e analista principal da LNS Research, afirma que para capturarem o valor da tecnologia as organizações industriais devem “usar um modelo de excelência operacional de recursos de pessoas, processos e tecnologia para ativar a Transformação Digital. E também criar recursos de cibersegurança industrial nesse modelo e ainda concentrar-se na adoção das melhores práticas entre pessoas, processos e principalmente recursos tecnológicos ”.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest