Dropbox compra Boxcryptor para levar criptografia a empresas

Da Redação
29/11/2022

O Dropbox anunciou planos para levar criptografia de ponta a ponta para seus usuários corporativos e pretende fazer isso por meio da aquisição de “ativos importantes” da empresa de segurança em nuvem Boxcryptor, com sede na Alemanha. Os termos financeiros do acordo não foram divulgados.

O Dropbox é conhecido por seus serviços de backup, armazenamento e compartilhamento de arquivos baseados em nuvem e, embora ofereça criptografia para arquivos que se movem entre seus servidores e o destino, o própria empresa tem acesso às chaves e pode visualizar tecnicamente qualquer conteúdo que é transmitido. O que a Boxcryptor traz para a mesa é uma camada extra de segurança por meio da chamada criptografia de “conhecimento zero”, no lado do cliente, dando ao usuário controle total sobre quem tem permissão para descriptografar seus dados.

Para muitas pessoas, como consumidores que armazenam fotos da família ou arquivos de música, esse nível de privacidade pode não ser uma grande prioridade. Mas para pequenas e médias empresas (PMEs) e grandes corporações, a criptografia de ponta a ponta é importante, pois garante que nenhum intermediário possa acessar seus documentos confidenciais armazenados na nuvem — eles são criptografados antes mesmo de chegarem.

Veja isso
Hackers acessam 130 repositórios de código-fonte do Dropbox
Hackers russos miram DropBox e Google Drive para lançar malware

O Dropbox disse que planeja inserir os recursos da Boxcryptor nativamente no serviço de armazenamento para usuários corporativos.

Fundada em 2011, a Boxcryptor protege os dados das empresas em vários serviços em nuvem, incluindo OneDrive, SharePoint, Google Drive e Dropbox. De fato, o Dropbox já era um dos “principais parceiros” da empresa, trabalhando em estreita colaboração com o gigante da nuvem para garantir que sua inteligência de criptografia funcionasse bem com o armazenamento de arquivos multiplataforma do Dropbox.

No comunicado divulgado nesta terça-feira, 29, ambas as empresas tiveram o cuidado de não considerar o acordo uma aquisição: o Dropbox disse que está adquirindo “ativos importantes”, enquanto a Boxcryptor diz que o Dropbox adquiriu sua propriedade intelectual, incluindo “ativos tecnológicos essenciais”.

Compartilhar: