ransomware-2019.jpg

DopplePaymer pede US$ 20 mi pelo resgate da Hyundai America

Cibercriminosos não informaram que dados foram roubados mas na deep web já publicaram a nota enviada à Hyundai
Da Redação
17/02/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Kia Motors America está com dificuldades em seus serviços na web, mas aparentemente sua empresa-mãe, a Hyundai é que foi atingida por um ataque do ransomware DopplePaymer: a nota com o pedido de resgate com o nome da Hyundai, foi obtida na tarde desta quarta-feira pelo portal Bleeping Computer, e o pedido dos cibercriminosos pelo resgate é da ordem de 404 bitcoins, hoje equivalentes aproximadamente a US$ 20 milhões.

Veja isso
Serviços da KIA America exibem problemas no site e em aplicativos
Ataque do WannaCry faz três anos e patches continuam atrasados

Apesar das aparentes evidências, a Kia enviou ao portal uma nota afirmando que não sofreu qualquer ataque: “A Kia Motors America, Inc. (“Kia”) está passando por uma interrupção prolongada do sistema. Os sistemas afetados incluem o Portal de proprietários Kia, os aplicativos móveis UVO e o portal da Web para assuntos do consumidor. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente aos clientes afetados e estamos trabalhando para resolver o problema o mais rápido possível, com o mínimo de interrupção em nossos negócios. Também estamos cientes de especulações online de que a Kia está sujeita a um ataque de “ransomware”. No momento, podemos confirmar que não temos evidências de que a Kia ou quaisquer dados da Kia estejam sujeitos a um ataque de “ransomware”.

No site de seus clientes na deep web, os operadores do DopplePaymer publicaram a nota enviada à Hyundai (veja abaixo). Eles não informaram que tipos de dados foram roubados.

Nota do DopplePaymer dirigido à Hyundai Motor America (Imagem: Bleeping Computer)

Outras empresas conhecidas já foram atacadas pelo DoppelPaymer, entre as quais Foxconn, Compal, Pemex, a cidade de Torrance na Califórnia, a Newcastle University, Hall County na Geórgia, Banijay Group SAS e Bretagne Télécom.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório