pixabay wages salary carreer woman 3261425 1280

Ganhos de CISOs vão a US$ 936 mil/ano nos EUA

Salários desse profissionais continuam a subir, impulsionados pela combinação da carência desses executivos com a elevação da demanda pela sua contratação
Da Redação
30/07/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Uma pesquisa feita pela consultoria Hedrick & Struggles International com 354 CISOs e publicada na quinta-feira pela empresa mostra que os salários desse profissionais continuam a subir, impulsionados pela combinação da carência desses executivos com a elevação da demanda pela sua contratação.

Os dados da pesquisa informam que os CISOs nos EUA estão ganhando um salário médio de US$ 509.000 este ano, em comparação com US$ 473.000 em 2020. O total de compensações, no entanto, é ainda maior: a remuneração total, incluindo concessões de capital (em ações) e bônus aumentou de US$ 784.000 em 2020 para US$ 936.000 este ano. A pesquisa do ano passado incluiu respostas de 372 CISOs.

Veja isso
Pesquisa indica México e Brasil com piores salários em cyber
Salários de executivos de segurança sobem 17%

A pesquisa foi publicada com exclusividade pelo jornal “Wall Street Journal”, dos EUA. Segundo a reportagem do jornal, as empresas também estão fazendo transformações na organização e na hierarquia para reter os talentos de cibersegurança. A reportagem do jornal informa que trinta e oito por cento dos CISOs se reportam ao CIO de suas empresas, de acordo com a pesquisa Hedrick & Struggles, e que esse é o tipo de relação de organização (e subordinação) mais comum.

No entanto, algumas empresas estão se afastando desse modelo, no qual os líderes de cibersegurança estão subordinados a seu diretor de informações, disse ao Wall Street Journal o executivo Matt Aiello, sócio e líder de exercícios globais de cibersegurança da consultoria Hedrick & Struggles. Segundo sua entrevista, em duas pesquisas recentes de recrutamento, as empresas inicialmente queriam recrutar um CISO que se reportaria a alguém no nível do CEO, mas acabaram contratando alguém que se reportaria diretamente ao CEO. Ele disse que os conselhos de administração de ambas as empresas quiseram que o CISO se reportasse ao CEO.

Com agências de notícias internacionais


Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest