hands-1063442_640.jpg

Dell negocia venda da empresa de cibersegurança RSA

Da Redação
18/02/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Empresa estaria finalizando um acordo para vender a empresa por US$ 2 bilhões para o fundo de private equity STG Partners LLC, segundo o The Wall Street Journal

hands-1063442_640.jpg

A Dell está finalizando um acordo para vender a empresa de segurança cibernética RSA por US$ 2 bilhões a um fundo de private equity, segundo o The Wall Street Journal. Citando fontes “familiarizadas com o assunto”, o diário americano informou na segunda-feira, 17, que um acordo referente à venda da RSA Security poderia ser finalizado ainda nesta terça-feira, 18, entre a Dell Technologies e a STG Partners LLC.

A empresa de segurança é mais conhecida por seus tokens, que geram códigos aleatórios para permitir o acesso a redes corporativas. Segundo seu site, a empresa possui 30 mil clientes em todo o mundo, inclusive no Brasil.

A RSA Security foi fundada como uma empresa independente em 1982 e adquirida pela EMC Corporation em 2006 por US$ 2,1 bilhões. A Dell adquiriu a RSA uma década depois com a compra da EMC.

Relatórios indicando que a Dell pensava em alienar a empresa de segurança foram compartilhados pela primeira vez em novembro do ano passado pela Bloomberg. Naquela época, a RSA Security esperava obter pelo menos US$ 1 bilhão na venda, incluindo as dívidas. Um mês depois, o PE Hub informou que o Morgan Stanley havia sido contratado pela Dell para concluir a venda da RSA em um negócio estimado, à época, em US$ 3 bilhões.

As notícias da possível finalização da transação são apresentadas uma semana antes da conferência anual da RSA, que acontece em San Francisco. A conferência chegou às manchetes na semana passada, quando a grande patrocinadora IBM retirou seu apoio ao evento, citando preocupações com a disseminação do coronavírus.

Se for concluída, a venda da RSA será a mais recente de uma série de aquisições de empresas de segurança cibernética por fundos de private equity. Em janeiro, a Insight Partners desembolsou US$ 5 bilhões para adquirir a empresa suíça de gerenciamento de dados em nuvem Veeam Software e reservou outros US$ 1,1 bilhão para adquirir a Armis, Inc. Além disso, no início deste mês, surgiram notícias de que o fundo Advent International e a Crosspoint Capital Partners estariam adquirindo a Forescout Technologies por US$ 1,9 bilhão.

Atualmente, a Dell possui dois produtos diferentes de segurança para terminais. A fabricante comprou uma participação na Secureworks em 2011 e, com a aquisição da EMC, a empresa detém também 81% da VMware, que no ano passado comprou a Carbon Black, por US$ 2,1 bilhões.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest