Delação de ciberataque aos EUA vale US$ 10 milhões

Recompensa é do Departamento de Estado, para descobrir quem atacar a infra estrutura crítica por ordem de qualquer estado-nação
Da Redação
16/08/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O programa Rewards for Justice (RFJ), do Departamento de Estado dos EUA, está oferecendo uma recompensa de até US$ 10 milhões por informações que levem à identificação ou localização de qualquer pessoa que atue sob a direção ou sob o controle de um governo estrangeiro, participando de atividades cibernéticas maliciosas contra a infraestrutura crítica dos EUA. Por causa da seriedade dessas ameaças cibernéticas, o programa criou uma linha de denúncias na própria Dark Web, para proteger a segurança das potenciais fontes de informação. O programa poderá inclusive fazer os pagamentos de recompensas em criptomoedas.

A iniciativa foi divulgada inclusive na conferência Black Hat em Las Vegas. Ali, os participantes notaram uma rede Wi-Fi aberta chamada #Rewardsnotransoms. O login ou a leitura do código QR em camisetas e folhetos levaram os participantes à página dessa nova iniciativa do Departamento de Estado dos EUA.

Veja isso
Segurança de infraestrutura crítica fatura US$ 207 bi em 2027
EUA: infraestrutura crítica em alerta causado por ataques externos

Segundo o programa, “certas operações cibernéticas maliciosas que visam a infraestrutura crítica dos EUA violam o CFAA (Lei de Fraude e Abuso de Computadores). As violações do estatuto incluem a transmissão de ameaças de extorsão como parte de ataques de ransomware; acesso não autorizado intencional a um computador ou excedendo o acesso autorizado e, assim, obtendo informações de qualquer computador protegido; causar intencionalmente a transmissão de um programa, informação, código ou comando e, como resultado de tal conduta, causar danos intencionalmente sem autorização a um computador protegido. Os computadores protegidos incluem não apenas os sistemas de computador do governo dos Estados Unidos e de instituições financeiras, mas também aqueles usados ​​ou afetando o comércio ou comunicação interestadual ou internacional”.

Qualquer pessoa com informações sobre atividade cibernética maliciosa estrangeira contra infraestrutura crítica dos EUA pode entrar em contato com o escritório do Rewards for Justice por meio de seu canal de denúncias no endereço:

he5dybnt7sr6cm32xt77pazmtm65flqy6irivtflruqfc5ep7eiodiad.onion

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest