Defacement da NASA deu B.O. para hacker italiano

Paulo Brito
11/10/2018
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A polícia italiana identificou o autor de quase 70 ataques e violações de sites institucionais italianos e estrangeiros, incluindo o da agência espacial americana NASA: ele tem 25 anos e mora em Salò, na província de Brescia. Ele confessou sua responsabilidade em depoimento a investigadores da Polícia dos Correios e Comunicações, em investigação solicitada pelo Ministério Público da província de Brescia.

O rapaz é responsável pela violação de 60 sites institucionais de autoridades locais (incluindo os da Polícia Penitenciária, algumas províncias da Toscana e da RAI), bem como de oito domínios relacionados à NASA, cuja home page foi substituída com defacement em 2013 (veja na foto).

Ele foi descoberto porque postou descrições de seus atos nas principais redes sociais, em nome da equipe “M4ster It4li4n H4ckers Te4m”, uma comunidade já conhecida por ter cometido inúmeros ataques em vários sites institucionais. Mas só depois de violar os domínios ligados à NASA a fama da equipe alcançou popularidade internacional, de modo a atrair a atenção dos funcionários do Cnaipic (Centro Nacional Anti-Crime de Proteção às Infra-estruturas Críticas). Esse órgão pertence ao Serviço Postal e de Polícia de Comunicações, que iniciou uma investigação com o objetivo de identificar o autor dos posts.

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest