Cyxtera é o novo nome da Easy Solutions

Ricardo Villadiego

A Easy Solutions, empresa de proteção contra fraudes, anuncia que a partir de hoje passa a se chamar Cyxtera Technologies. O anúncio foi feito por Ricardo Villadiego, CEO e fundador da empresa. Para o executivo, que agora é vice-presidente de Segurança da Cyxtera, este é o ponto culminante do processo de aquisição iniciado em maio de 2017. Na ocasião, as empresas de capital privado BC Partners e Medina Capital anunciaram a aquisição da Easy Solutions e do portfólio de data centers da CenturyLink. Com a conclusão desta transação, avaliada em aproximadamente 2,8 bilhões no total, os ativos das duas empresas formaram a Cyxtera Technologies.

“Essa aquisição nos dá mais recursos, maiores capacidades e alcance global para inovar mais rapidamente, expandir nossas soluções e atender melhor nossos clientes e parceiros em todo o mundo”, afirma Villadiego. “A nova configuração nos permite continuar atendendo à crescente demanda por proteção contra fraudes associadas à transformação digital de empresas e bancos, especialmente em países na América Latina”, completa.

Para Simon West, diretor  marketing da Cyxtera Technologies, a decisão tem como foco a unificação da marca Cyxtera, o que facilitará as conversas com os stakeholders e beneficiará seus investimentos. “A Cyxtera Technologies vai se apoiar na trajetória e conhecimento do mercado latinoamericano construído pela Easy Solutions e manterá os escritórios regionais no Brasil, Argentina, México, Costa Rica, Chile, Londres, Dubai e Tóquio, além de contar com a cobertura global proporcionada pelos parceiros de negócios no resto do mundo e pela sua rede”, explica.

A principal proposta da Easy Solutions era sua plataforma de Proteção Total Contra Fraude, rebatizada como Cyxtera Total Fraud Protection. “Essa solução abrangente de proteção multicamada fornece às organizações uma estratégia proativa contra ameaças na internet, além de permitir a implementação de diferentes níveis de soluções contra fraudes para que as ameaças não sejam interrompidas por uma camada ou sejam detectadas por outra”, finaliza Villadiego. A solução inclui monitoramento constante de ameaças por meio do uso de machine learning, análise de e-mails, plataformas web, redes sociais e rápida desativação de ataques.

 

Compartilhe
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp