CrowdStrike anuncia aquisição da Humio por US$ 400 milhões

A Humio é um fornecedor de gerenciamento de log em nuvem, e segundo a CrowdStrike isso vai melhorar suas operações de ingestão de dados
Da Redação
19/02/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A CrowdStrike comunicou ontem ao mercado o fechamento de um acordo com a Humio, especializada em tecnologia de gerenciamento de log de nuvem, para adquirir seu controle acionário. De acordo com os termos do contrato, a CrowdStrike pagará aproximadamente US$ 400 milhões para adquirir a empresa, numa operaão que deverá ser concluída durante o primeiro trimestre fiscal da CrowdStrike.

Com esta aquisição, a CrowdStrike expandirá ainda mais seus recursos de EDR (Detecção e Resposta eXtendidos) ao ingerir e correlacionar dados de qualquer registro, aplicativo ou feed para fornecer insights acionáveis ​​e proteção em tempo real, diz o comunicado distribuído ao mercado. A empresa afirma no documento que hoje oferece “a solução de segurança mais abrangente do setor para proteção de endpoints e cargas de trabalho, processando 5 trilhões de eventos relacionados à segurança por semana com sua tecnologia pioneira Threat Graph”.

Veja isso
Mercado de inteligência de ameaças já vale US$ 10,9 bilhões
Atos anuncia ter finalizado aquisição da In Fidem no Canadá

Fundada em 2016, a plataforma de gerenciamento de log da Humio permite aos clientes registrar tudo e responder a qualquer coisa em tempo real (XDR). A arquitetura torna a exploração e investigação de todos os dados extremamente rápida, mesmo em escala, afirma o comunicado da CrowdStrike.

De acordo com os termos do acordo, a CrowdStrike deverá pagar aproximadamente US$ 400 milhões “predominantemente em dinheiro”. A aquisição proposta deve ser concluída no primeiro trimestre fiscal de 2022 da CrowdStrike, sujeita às condições habituais de fechamento. A CrowdStrike espera financiar a parte em dinheiro do pagamento com dinheiro em caixa. Ao mesmo tempo, a empresa anuncia que emitirá US$ 750 milhões em ‘notas sênior’.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório