company-186980_1280.jpg

Crescem orçamentos para segurança industrial

Quase 20% dos entrevistados disseram que a estação de trabalho de engenharia foi um vetor de infecção inicial
Da Redação
05/10/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Uma pesquisa da Nozomi Networks e do SANS Institute mostra que este ano as indústrias elevaram seus orçamentos para a segurança cibernética de sistemas de controle industrial (ICS), numa resposta ao cenário cada vez mais arriscado de ameaças cibernéticas. Elaborado com 480 entrevistas de executivos tomadores de decisão, o estudo indica que em 47% das empresas os orçamentos de segurança industrial aumentaram nos últimos dois anos. Outros 32% disseram que não houve mudança.

Ao mesmo tempo, quase metade dos entrevistados disse não saber se suas organizações sofreram um incidente de segurança cibernética, enquanto apenas 15% admitiram que pelo menos um ocorreu nos últimos 12 meses.

Veja isso
Faltam IA e analytics nas investigações sobre dados
Tenable vai adquirir Accurics por US$ 160 milhões

Entre aqueles que reconheceram a ocorrência de incidentes de segurança cibernética, mais da metade afirmou que foi capaz de detectar o comprometimento dos sistemas num intervalo vari[avel de 6 a 24 horas. No entanto, 30% foram capazes de detectar o comprometimento em menos de seis horas.

O autor do relatório e Instrutor Certificado do SANS Institute Mark Bristow, também chefe da filial de coordenação de defesa cibernética da CISA, deu uma entrevista à ZDNet afirmando que três aspectos se destacaram na pesquisa: primeiro, o nível de adoção de tecnologias de nuvem para a obtenção de resultados operacionais; segundo, a falta de visibilidade sobre os incidentes; e terceiro, o número de incidentes envolvendo estações de trabalho de engenharia: quase 20% dos entrevistados disseram que a estação de trabalho de engenharia foi um vetor de infecção inicial.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest