Cloud Pak da IBM gerenciará ameaças em ferramentas, equipes, nuvens

Com novas fontes de dados, integrações e serviços, a solução permite gerenciar o ciclo de vida das ameaças num só console
Da Redação
15/10/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A IBM Security anunciou ontem recursos novos para o Cloud Pak for Security, incluindo uma solução de segurança de dados que permite às empresas detectar, responder a ameaças e proteger os seus dados mais confidenciais em ambientes de nuvem híbrida. O Cloud Pak for Security unifica tecnologias de segurança anteriormente desconectadas. A IBM fez agora sua expansão para incluir novas fontes de dados, integrações e serviços, permitindo que as equipes de operações de segurança gerenciem todo o ciclo de vida da ameaça a partir de um único console.

O Cloud Pak passa a ter acesso a seis feeds de inteligência de ameaças, 25 conexões pré-construídas com fontes de dados IBM e de terceiros e 165 integrações de gerenciamento de casos – conectadas por meio de IA avançada para priorizar ameaças, e manuais de automação para agilizar ações de resposta para equipes de segurança.

Veja isso
IBM traz análise de risco para tomada de decisão em cibersegurança
Estudo da IBM aponta os grandes riscos de operar com nuvem

“A complexidade é o maior desafio que nosso setor enfrenta, forçando equipes de segurança com poucos recursos a conectar manualmente os pontos entre ferramentas e fontes de dados de segurança diferentes”, disse Justin Youngblood , vice-presidente de segurança da IBM.

O Cloud Pak for Security utiliza tecnologias de código aberto para criar uma base interoperável e conexões mais profundas entre a IBM e ferramentas de terceiros. Por exemplo, a plataforma usa STIX-Shifter , uma biblioteca de código aberto que permite aos analistas de segurança pesquisar indicadores de ameaças em todas as fontes de dados conectadas com uma única consulta. O Cloud Pak for Security é construído sobre o Red Hat OpenShift , proporcionando uma base aberta e em contêineres que pode ser facilmente implantada em ambientes de nuvem locais, públicas e privadas.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest