Cisco adquire startup para reforçar segurança multicloud

Solução da Valtix permite aos clientes políticas de segurança comuns e aplicações de rede em todos os principais ambientes de nuvem pública, afirma a gigante das redes
Da Redação
28/02/2023

Poucas organizações usam um único fornecedor de infraestrutura de nuvem, e descobrir como configurar a segurança em várias nuvens pode ser um desafio para as empresas. Para tentar facilitar essa operação, a Cisco anunciou no fim de semana que pretende adquirir a Valtix, uma startup que ajuda as empresas a proteger seus ambientes em várias nuvens. Os termos financeiros do negócio não foram divulgados, o que significa que não é uma transação grande o suficiente para ser relatada por uma empresa com ações em bolsas.

A Cisco é uma das investidoras na Valtix, portanto tem vasto conhecimento sobre a equipe de funcionários e o produto da empresa. “Como investidor estratégico na empresa desde 2020, a Cisco apoia o compromisso da Valtix de simplificar a segurança da rede, protegendo as cargas de trabalho, independentemente da nuvem em que são criadas ou consumidas”, escreveu Raj Chopra, vice-presidente sênior do grupo de negócios de segurança da Cisco e diretor de produtos, em um post em que anuncia o acordo. “Com seu plano de controle nativo da nuvem e fácil de usar, a solução da empresa permite aos clientes políticas de segurança comuns e aplicações de rede em todos os principais ambientes de nuvem pública”, acrescentou.

A segurança de rede é uma área na qual a Cisco vem tentando entrar cada vez mais à medida que tenta se transformar de uma empresa de rede pura para uma companhia mais voltada a serviços de software e nuvem, principalmente por meio de aquisições.

Veja isso
OEA e Cisco propõem ações para formar profissionais de cyber
Anúncio de plataforma consolida virada da Cisco para nuvem

A Valtix vem a se somar a outras aquisições de empresas de segurança feitas pela Cisco nos últimos anos, como a Duo Security em 2018 e Kenna Security em 2021. A Valtix foi fundada em 2020 e arrecadou mais de US$ 26 milhões ao longo desses dois anos, incluindo um aporte de US$ 12,5 milhões da Série A em 2021 em que a Cisco Investments participou.

A expectativa das empresas é que o negócio seja concluído até o final do terceiro trimestre do ano fiscal de 2023. A Cisco anunciou ganhos no segundo trimestre do ano fiscal de 2023, encerrado no dia 15 deste mês, de modo que é provável que será fechado no próximo relatório trimestral se não houver obstáculos. Se tudo correr bem, após o fechamento, a Valtix será incorporada ao grupo de negócios de segurança da Cisco.

Compartilhar: