Cibercrime brasileiro custa R$ 1,5 bilhão/ano

Paulo Brito
10/06/2014

Cibercrime brasileiro custa R$ 1,5 bilhão/anoO Brasil está perdendo R$ 1,5 bilhão anualmente em crimes cibernéticos. A estimativa está no relatório do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais publicado ontem pela McAfee. Segundo o relatório, essa modalidade de crime está crescendo rapidamente aqui. Muitos especialistas, segundo o estudo, concordam que a legislação do Brasil para o cibercrime e a proteção da propriedade intelectual são fracos, permitindo assim que os cibercriminosos se tornem cada vez mais profissionalizados e enfrentem pouco risco de prisão ou acusação.
Esses fatores, diz o estudo, têm permitido o sucesso dos cibercriminosos locais, e há pouco para evitar que eles participem de crimes globais. O Brasil também enfrenta ameaças cibernéticas externas, cujos alvos são principalmente informações sobre a economia brasileira, especialmente sobre culturas de soja e produção de petróleo.

Compartilhar:

Últimas Notícias