Checkmarx vendida por US$ 1,15 bilhão para Hellman & Friedman

Paulo Brito
17/03/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A empresa é líder em testes de segurança de aplicativos, com uma robusta linha de soluções para o desenvolvimento seguro (devsecops)

Maty (esquerda) e Emmanuel comemoram o acordo com a Hellman & Friedman

A Checkmarx, empresa israelense que se especializou em soluções de segurança para o desenvolvimento de software, anunciou ontem que foi adquirida pela firma de private equity Hellman & Friedman. O valor da transação foi de US$ 1,15 bilhão segundo o comunicado das duas empresas. A Hellman & Friedman, fundada em 1984, já levantou mais de US$ 50 bilhões em fundos para investir principalmente em empresas de tecnologia de vários setores, não só de TI. 

A aquisição reforçará o crescimento da empresa Checkmarx, num momento em que a segurança é cada vez mais crítica para o desenvolvimento soluções em software. A Checkmarx anuncia como vantagem a possibilidade de que as organizações desenvolvam software seguro com mais rapidez, tornando a excelência em segurança intrínseca ao desenvolvimento. A solução da Checkmarx aponta vulnerabilidades no código desenvolvido, evidenciando ameaças à segurança antes que um problema ocorra na etapa de produção. Atualmente a Checkmarx já é utilizada por mais de 40 das empresas da lista Fortune 100 e metade da lista Fortune 50, incluindo organizações como SAP, Samsung e Salesforce.

A Checkmarx foi fundada em 2006 e é desde então liderada por Emmanuel Benzaquen, CEO, e por Maty Siman, fundador e CTO. Emprega mais de 700 funcionários e conta com mais de 1.400 clientes em 70 países. A empresa é líder em testes de segurança de aplicativos, com um conjunto robusto de soluções para o desenvolvimento empresarial.

“Esta aquisição é um testemunho claro da inigualável equipe global da Checkmarx, que garantiu nossa posição de liderança em segurança de software, bem como do papel significativo que nossa tecnologia desempenha no setor de segurança cibernética”, disse Emmanuel Benzaquen, CEO da Checkmarx. “Com as empresas aproveitando o desenvolvimento de software para expandir seus negócios mais  do que nunca, os executivos estão cientes do aumento dos riscos causados pela exposição do software. Mais de 40 das empresas listadas na Fortune 100 recorreram à Checkmarx para reduzir riscos, proteger códigos e incorporar segurança em todos os aspectos do desenvolvimento. Estamos entusiasmados em fazer parceria com a H&F em nossa jornada”, finalizou.

As soluções da Checkmarx incluem testes de segurança estáticos e interativos de aplicativos, análise de composição de software e programas de conscientização e treinamento em AppSec para desenvolvedores.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest