Check Point e WOMCY se unem para ter mais mulheres no setor

Da Redação
09/06/2022

A Check Point Software firmou uma aliança estratégica com a WOMCY, organização sem fins lucrativos, composta por mulheres, com foco no desenvolvimento da cibersegurança na América Latina. O objetivo é promover ações conjuntas para reduzir a lacuna de profissionais capacitadas e promover maior diversidade no setor de segurança cibernética na região.

A aliança prevê uma série de atividades e programas de treinamento para mulheres da região que buscam aprimorar suas habilidades em cibersegurança. Além disso, eventos e exposições serão coordenados em conjunto, visando aumentar a participação feminina em TI e em segurança cibernética.

Entre os programas dos quais a Check Point Software participa estão o Programa Nano-Degree no qual profissionais de cibersegurança podem participar e ser certificados em networking security, cloud security e endpoint security. Depois de concluir os três cursos do programa, o diploma de Nano-Degree é concedido com um selo especial da Check Point Software. Outro programa que a WOMCY lidera é a WONCY Tech, que visa atrair talentos qualificados, treinamento e educação, tanto para a Check Point Software quanto para o mercado de cibersegurança.

Veja isso
Microsoft mostra por que há poucas mulheres em cyber
Deloitte quer mais mulheres em vagas de cyber

Da mesma forma, existem as WONCY Talks, palestras de conscientização e segurança cibernética para a comunidade WOMCY e organizações do setor empresarial. E, finalmente, o WONCY Geek Girls, programa que aumenta a conscientização de crianças, adolescentes e universitárias sobre ameaças à segurança cibernética para destacar riscos potenciais, além de apresentar mais estudantes às carreiras de tecnologia.

Thaís Santana, gerente de distribuição LATAM da Check Point  Software (Foto: Izilda França)

“Este acordo de colaboração confirma o compromisso contínuo da Check Point com seu programa SecureAcademy de fornecer educação e treinamento essenciais dentro do setor, ajudando a atrair mais mulheres para essa esfera e garantindo acesso mais fácil aos seus elementos de aprendizado, além de apoiar socialmente a comunidade latino-americana”, afirma Thaís Santana, gerente de distribuição LATAM na Check Point  Software. “É por meio desses tipos de iniciativas e programas que promovemos o desenvolvimento de habilidades tecnológicas e experiências únicas para atrair e desenvolver o talento de mulheres interessadas em tecnologia e encurtar a curva de aprendizado em segurança cibernética.”

“A aliança entre WOMCY e Check Point se apresenta como um ponto estratégico para unirmos esforços e minimizarmos cada vez mais a falta de profissionais de segurança cibernética e para termos mais diversidade. O conteúdo das certificações Check Point agregará muito valor à carreira profissional de nossos membros”, garante Leticia Gammill, presidente e fundadora da WOMCY Latam Women in Cybersecurity.

Compartilhar: