GAT Digital Banner
GAT Digital Banner
50100288923_63e0cdf0a6_k-2.jpg

Chamadas do Teams poderão ser criptografadas a partir de julho

Aplicativo de videochamadas oferecerá a opção de uso de criptografia ponta a ponta para chamadas one on one de VoIP
Da Redação
05/06/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O Microsoft Teams terá a segurança e a privacidade reforçadas a partir de julho com a adição criptografia de ponta a ponta nas chamadas de voz one on one — um a um. Embora o aplicativo de videochamadas já criptografe os dados que estejam armazenados ou em trânsito, ele permite que os administradores configurem a gravação automática e a transcrição de chamadas de voz. Devido a isso, as chamadas não são adequadas para compartilhar informações muito confidenciais entre duas pessoas.

A partir do mês que vem, com a criptografia de ponta a ponta para chamadas, as conversas permanecerão totalmente privadas. “O Teams oferecerá a opção de uso de criptografia ponta a ponta (E2EE) para chamadas Ad hoc one on one de VoIP garantindo que as conversas online sejam confidenciais”, revelou a Microsoft na sexta-feira, 4, ao divulgar o roadmap do Microsoft 365.

A Microsoft afirma que a nova funcionalidade permitirá que os administradores do Microsoft Teams configurem quem tem acesso a esse recurso como suporte às políticas de segurança e conformidade das organizações.

Veja isso
Teams inaugura programa de bug bounty da Microsoft para aplicativos
Microsoft Teams e portal do Azure falharam autenticação durante 14h

Conforme relatado pelo MSPoweruser, esse recurso pode ser habilitado pelos administradores do Microsoft Teams para usuários específicos ou para toda a organização. Os usuários poderão habilitar a criptografia de ponta a ponta no menu de configurações clicando em ‘End-to-end encrypted calls’ (chamadas criptografadas de ponta a ponta), depois em Settings > Privacy (configurações > privacidade). Após a habilitação da criptografia, alguns recursos, como gravação e transcrição, não estarão mais disponíveis. 

Especialistas em segurança consideram esse recurso um acréscimo bem-vindo, já que ele permite o compartilhamento de informações confidenciais, como senhas, contas bancárias ou outras informações sensíveis, sem que os interlocutores tenham medo de que suas gravações sejam violadas.

Em outubro do ano passado, o Zoom começou a oferecer suporte à criptografia de ponta a ponta para reuniões com até 200 participantes, tanto para usuários gratuitos quanto pagos.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório