banner senha segura
senhasegura

Cadastro de informantes roubado em incidente na polícia de Washington

Os hackers tiveram acesso a relatórios de investigação e a documentos sobre grupos locais do crime organizado
Da Redação
27/04/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O grupo cibercriminoso Babuk Locker atacou os servidores do Departamento de Polícia do Distrito de Columbia (EUA), onde fica a capital do país, Washington, e ameaça divulgar os dados de investigações criminais e de informantes da polícia em caso de não pagamento do resgate. Como prova de que possuem informações confidenciais sobre as investigações, os agressores publicaram capturas de tela de documentos internos da Polícia em seu site na dark web. Com base na captura de tela, os hackers tiveram acesso a relatórios de investigação, arquivos disciplinares de policiais, documentos sobre grupos criminosos organizados locais (GCOs), fotografias de criminosos e registros administrativos.

A dimensão total do incidente ainda não foi estabelecida. Também não está totalmente claro quais as outras informações que podem ter chegado aos invasores.

Segundo o grupo, no total, eles conseguiram roubar mais de 250 GB de dados. Os hackers deram à polícia três dias para pagar o resgate e, se o dinheiro não for transferido a tempo, prometem entrar em contato com grupos locais do crime organizado e revelar a eles a identidade dos informantes da polícia.

Veja isso
Babuk Locker é o primeiro novo ransomware corporativo de 2021
Ransomware pode ter derrubado sistema de reservas de 20 linhas aéreas

O grupo Babuk Locker é um recém-chegado ao mercado de ransomware – suas atividades começaram em janeiro de 2021. Uma marca registrada do ransomware Babuk Locker é sua capacidade de criptografar dados em discos rígidos virtuais distribuídos. Além do Babuk Locker, apenas o ransomware Darkside e RansomExx têm esse recurso.

Ao que se sabe já existe uma investigação sendo conduzida pelo FBI, segundo noticiou o canal de TV FOX5, citando uma declaração das agências de segurança da cidade. “Enquanto estabelecemos a escala completa do impacto do ataque cibernético e continuamos a analisar as atividades de hackers no sistema de computador, contratamos o FBI para conduzir uma investigação abrangente desse problema”, informou a Polícia.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório