banner senha segura
senhasegura
New Zealand Stock Exchange

Bolsa da Nova Zelândia adota rede Akamai após cinco dias de DDoS

O pregão continua, mas o site sai do ar com frequência desde terça-feira dia 27 por causa de ataques de DDoS
Da Redação
31/08/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A bolsa da Nova Zelândia decidiu refugiar-se na rede de distribuição de conteúdo da Akamai, por estar sendo alvejada por ataques de DDoS desde a tarde do dia 27, terça-feira da semana passada. A decisão foi anunciada nesta manhã, num comunicado em que a NZX (New Zealand Exchange) informou estar operando normalmente em seus pregões, apenas com o website fora do ar. O CISO Advisor confirmou hoje que ele é acessível apenas para usuários com IP na Oceania, estando invisível para o restante da internet.

A bolsa confirmou que elaborou um esboço de contrato com a Akamai Technologies, que embora acusada de não ser perfeita em comentários sobre o assunto no Twitter tem capacidade em termos de tráfego e defesas sofisticadas. Segundo o jornal Herald Tribune, de Auckland, isso deve ajudar a NZX a se defender de quaisquer novos ataques DDoS.

Veja isso
Ataques DDoS aumentam no 2º trimestre com uso de novos métodos
Bolsa da Nova Zelândia fora do ar por dois dias vítima de ataque de DDoS

Hoje, o site NZX.com saiu do ar por volta das 10h20 de Auckland, logo após a abertura do mercado, e ficou oscilante durante os 30 minutos seguintes, por conta do que pareceu ser um novo ataque cibernético. O GCSB (Government Communications Security Bureau (GCSB) publicou um comunicado nacional, com instruções semelhantes às que foram publicadas pelo governo da Austrália, alertando para a possibilidade dos ataques e instruindo as empresas para que se defendam.

Durante os ataques da semana passada, a bolsa foi forçada a suspender as negociações, porque com seu site desativado não podia cumprir suas obrigações de divulgação contínua. Hoje foi negociado um novo acordo com a Autoridade de Mercados Financeiros, que permitiu à instituição continuar negociando, mesmo com o NZX.com offline devido a um novo ataque cibernético. As informações estão sendo publicadas em fontes alternativas que a NZX se recusou a indicar, alegando razões de segurança. .

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório