BC confirma novo vazamento de mais de 2 mil chaves Pix

Chaves que estavam em posse da Logbank Soluções em Pagamentos foram vazadas entre os dias 24 e 25 de janeiro. Segundo o Banco Central, foram expostos nomes de usuários, CPFs, instituições de relacionamento e número de contas bancárias
Erivelto Tadeu
03/02/2022

O Banco Central (BC) informou no final da tarde desta quinta-feira, 3, que dados cadastrais vinculados a 2.112 chaves Pix, que estavam em posse da Logbank Soluções em Pagamentos, foram vazadas entre os dias 24 e 25 de janeiro. O órgão responsável por fiscalizar o sistema financeiro não detalhou a causa do vazamento, mas informou que o foram expostos nomes de usuários, CPFs, instituições de relacionamento e número de contas bancárias.

Esse é o segundo caso de vazamento de dados cadastrais em menos de dois meses. Entre os dias 3 e 5 de dezembro de 2021 foram vazados dados cadastrais vinculados a 160.147 chaves Pix que estavam em posse da Acesso Soluções de Pagamento. Em agosto do mesmo ano, haviam sido expostos dados vinculados a 414.526 chaves Pix, bem como informações de chaves Pix para fins de segurança, que estavam sob a posse do Banco do Estado de Sergipe (Banese).

Em nota, o BC disse que, como ocorreu em todos os casos anteriores, o vazamento das chaves em poder da Logbank foi informado à Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD) e que as pessoas afetadas serão notificadas. 

Veja isso
Vazam 160 mil chaves Pix da Acesso Soluções de Pagamento
PIX virou isca para fraude mais de 5 mil vezes em outubro

Procurada pela reportagem de CISO Advisor, a Logbank enviou nota na qual diz tratar-se de uma tentativa de invasão, que foi detectada e controlada instantaneamente, e que nenhum dado sensível foi exposto. Veja, a seguir, a íntegra do comunicado: 

“A LOGBANK SOLUÇÕES EM PAGAMENTOS S/A esclarece que, conforme comunicado hoje pelo BACEN, a empresa sofreu uma tentativa de invasão de suas plataformas digitais nos dias 24 e 25 de janeiro de 2022. O incidente foi detectado e controlado instantaneamente pelas ferramentas e equipes de segurança. Nenhum dado sensível foi vazado e não houve qualquer movimentação financeira indevida ou prejuízo financeiro para os clientes relacionados com este incidente, cujo alcance permaneceu extremamente limitado. 

Os recursos dos clientes estão e sempre estiveram sob máxima vigilância e segurança. Além de investir em tecnologia e processos contínuos de melhorias, a empresa mantém uma rotina de comunicação com o BACEN e autoridades competentes, de forma a fortalecer os mecanismos de proteção.

Atenciosamente,

Diretoria LogBank”

Compartilhar:

Últimas Notícias