http://www.justrenttoown.com/blog/wp-content/uploads/2015/10/p260-261_3042978k-600x400.jpg

Banco Nacional do Paquistão congelado em ciberataque

Nem banco nem autoridades revelaram a natureza do ataque. Serviços foram restabelecidos no dia 1 de novembro
Da Redação
03/11/2021

O National Bank of Pakistan (NBP) a segunda maior instituição financeira do Paquistão, sofreu um ataque na sexta-feira dia 29 de outubro, do qual terminou de se recuperar no dia 1 de novembro. Neste momento o site do banco opera com aparente normalidade, mas continua havendo manifestações de clientes e usuáros da sua plataforma digital informando instabilidade. Em redes sociais do Paquistão circulam mensagens informando que foram nove os bancos atacados. O Banco do Estado Paquistanês, controlador do NBP, informou que isso é falso.

Num comunicado feito no dia 30 de outubro, sábado, o NBP informou que “Nas últimas horas do dia 29 e na madrugada de 30 de outubro, foi detectado um ataque cibernético aos servidores do NBP que impactou alguns de seus serviços”. O banco acrescentou que foram tomadas “medidas imediatas (…) para isolar os sistemas afetados (…) nenhum cliente ou dados financeiros foram comprometidos. Esforços de remediação estão em andamento usando especialistas líderes do setor, incluindo recursos internacionais sempre que necessário”. Os caixas automáticos chegaram a ficar fora do ar.

Veja isso
Lazarus adquire capacidade de ataque à cadeia de suprimentos
Banco do Equador ainda não concluiu recuperação

O banco afirma que restaurou todos os serviços bancários, incluindo caixas eletrônicos e o pagamento de salários e pensões em 1º de novembro de 2021.

Não foi confirmado pelo banco ou autoridades se foi um ataque de ransomware, violação de dados ou ataque distribuído de negação de serviço (DDoS). Em entrevista ao portal Gulf News, o especialista em segurança cibernética Haroon Ali disse que “embora o NBP não tenha revelado a natureza do incidente, a nova política nacional de segurança cibernética 2021 recentemente introduzida pelo Ministério de Tecnologia da Informação do Paquistão foi eficaz até agora em termos de divulgação de incidentes. Neste caso, aumentando a consciência na indústria de que as ameaças cibernéticas continuam a evoluir e nenhuma instituição está imune a isso”.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar: