pixabay money 2724245 640

Atento: ataque cibernético custou US$ 42,1 milhões

Da Redação
01/04/2022

O relatório anual de 2021 da Atento, um dos cinco maiores fornecedores mundiais de serviços de gestão de relacionamento com clientes e terceirização de processos de negócios (CRM/BPO), mostra que a empresa teve gastos da ordem de US$ 42,1 milhões associados ao ataque cibernético sofrido pela sua operação brasileira na metade de outubro do ano passado. Os gastos ocorreram não só com a mitigação do ataque como, também, com as providências para proteger a empresa de novos incidentes do mesmo gênero.

Veja isso
Atento publica comunicado ao mercado sobre ataque
Atento: dados publicados pelo ransomware Lockbit 2.0

Não é à toa que a mensagem assinada pelo CEO Carlos López-Abadía e pelo CFO José Azevedo comece justamente com esse assunto: “Como tantas empresas na era atual, incluindo algumas das líderes mundiais em tecnologia, fomos atingidos por um ataque cibernético, que impactou nossos resultados do quarto trimestre. Esse impacto provou ser muito maior do que esperávamos inicialmente, devido à complexidade desses eventos e à forma como os tremores secundários se manifestam”.

A receita do quarto trimestre no Brasil diminuiu 22,2%, para US$ 111,5 milhões, devido à interrupção dos ataques cibernéticos nas operações da empresa no país.

O relatório informa que a receita do quarto trimestre da Atento diminuiu 7,4%, para US$ 327,2 milhões, “principalmente devido a interrupções causadas pelo ataque cibernético anunciado anteriormente que afetou as operações da empresa no Brasil. Isso resultou em US$ 34,8 milhões em receita perdida, com vendas Multissetoriais e TEF diminuindo 6,0% e 10,4%, respectivamente, lideradas por quedas no Brasil”.

O press-release referente ao relatório anual está em
“hxxps://s28.q4cdn.com/123389419/files/doc_news/2022/ATTO_4Q21-Earnings-Press-Release_FINAL-(1).pdf”

Compartilhar: