banner senha segura
senhasegura
Embraer.jpg

Ataque hacker vaza dados e afeta operações da Embraer

Companhia diz que continua a operar com o uso de alguns sistemas em regime de contingência, sem impactos relevantes sobre suas atividades
Erivelto Tadeu
01/12/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Embraer foi alvo de um ataque cibernético aos seus sistemas, que resultou no vazamento de dados da empresa. Em fato relevante divulgado na noite desta segunda-feira, 30, a fabricante de aviões disse que o ataque foi identificado em 25 de novembro, deixando indisponível o acesso a apenas um único ambiente de arquivos da companhia.

No comunicado, a Embraer informa que, diante do ocorrido, deu início a uma investigação, com o isolamento de alguns de seus sistemas, o que causa, segundo ela, consequências, mesmo que temporárias, em algumas operações.

A empresa, no entanto, não deu detalhes sobre quais sistemas foram afetados, nem tampouco informou sobre a extensão nem quais tipos de dados foram vazados.

A companhia ressaltou, porém, que continua a operar com o uso de alguns sistemas em regime de contingência, sem impactos relevantes sobre suas atividades. Por fim, também informou que ainda são avaliados se houve impacto em seus negócios e terceiros, bem como quais medidas serão tomadas.

Veja isso
Hacker português de 19 anos teria atacado TSE, segundo jornal
Endemol Shine, a produtora do Big Brother, sofre ataque de ransomware

A companhia disse ainda que manterá o mercado informado dos desdobramentos deste evento. Veja, a seguir, a íntegra do fato relevante.

FATO RELEVANTE

A EMBRAER S.A. (“Companhia”), em cumprimento à Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, informa a seus acionistas e ao mercado que sofreu um ataque cibernético aos seus sistemas de tecnologia da informação, que resultou na divulgação de dados supostamente atribuídos à Companhia na madrugada de 30 de novembro de 2020.

O referido ataque cibernético foi identificado em 25 de novembro de 2020, o qual indisponibilizou o acesso a apenas um único ambiente de arquivos da Companhia.

Em razão do ocorrido, imediatamente a Companhia iniciou os procedimentos de investigação e resposta ao evento, bem como procedeu proativamente ao isolamento de alguns de seus sistemas para proteção do ambiente, acarretando impacto temporário em algumas operações.

A Companhia continua a operar com o uso de alguns sistemas em regime de contingência, sem impactos relevantes sobre suas atividades.

A Companhia está empreendendo todos os seus esforços para investigar as circunstâncias do ataque, avaliar se existem impactos sobre seus negócios e terceiros, e determinar as medidas a serem tomadas. A Companhia manterá o mercado informado dos desdobramentos deste evento.

São José dos Campos, 30 de novembro de 2020.

Antonio Carlos Garcia
Vice-Presidente Executivo Financeiro e Relações com Investidores

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório