Network-Secure Campanha 01 Desktop Entrada: 22062022 21h52m
oil-platform-484859_640.jpg

Ataque atinge terminais de petróleo na Europa

São pelo menos seis terminais de armazenamento de petróleo no centro de refino de Amsterdã-Roterdã-Antuérpia
Da Redação
03/02/2022

Um grande ataque cibernético teve como alvo instalações portuárias em pelo menos três países europeus: Alemanha, Holanda e Bélgica – onde a promotoria de Antuérpia abriu uma investigação nesta quinta-feira, 3 de fevereiro. De acordo com um corretor especializado com sede em Roterdam (Holanda), o ataque foi feito contra terminais de movimentação de petróleo, o que interrompe as entregas de insumos de energia em vários portos importantes. De acordo com o diário belga De Morgen, pelo menos seis terminais petrolíferos também foram alvejados na Holanda e na Bélgica nas últimas 24 horas.

Veja isso
Ataque atinge setor de óleo e gás na Alemanha
Ataques ao setor de petróleo e gás aumentam 38% no primeiro semestre

Pelo menos seis terminais de armazenamento de petróleo no centro de refino de Amsterdã-Roterdã-Antuérpia (ARA) tiveram dificuldades para carregar e descarregar produtos refinados de petróleo, devido a um ataque cibernético que começou em 29 de janeiro.

Os terminais afetados são operados pela SEA-Tank, Oiltanking e Evos em Antuérpia, Gante, Amsterdã e Terneuzen. Isso se soma aos 11 locais de Oiltanking afetados na Alemanha . Apenas um dos dois terminais da Evos em Amsterdã parece ter sido afetado, provavelmente o agora chamado Amsterdam East que foi comprado da Oiltanking no ano passado .

A natureza do ataque ainda não é clara, e as partes mais diretamente afetadas não estão respondendo às perguntas da mídia. O ataque parece estar dificultando principalmente a administração das tarefas necessárias para processar o carregamento. Os participantes do mercado sugeriram que pelo menos uma organização na área da ARA declarou força maior até poder remediar o problema. A Mabanaft e a Oiltanking já declararam força maior em algumas de suas operações na Alemanha. A Oiltanking informou hoje que as operações de carga e descarga continuam nos seus terminais, mas que alguns serviços poderão sofrer atrasos.

Várias barcaças estão esperando do lado de fora de seus terminais de destino, e os atrasos até agora não são suficientes para causar um impacto perceptível nos preços dos derivados de petróleo. Não houve nenhuma indicação oficial até agora sobre quando o problema será resolvido.

Os participantes do mercado de barcaças ARA expressaram frustração com a escassez de informações hoje. A falta de comentários das partes diretamente afetadas pode ser resultado da incerteza sobre quem será responsável pelos atrasos no carregamento.

Os ataques cibernéticos são um perigo emergente para a segurança da infraestrutura de energia do mundo. A rede Colonial Pipeline nos EUA foi afetada por um ataque cibernético no ano passado, que interrompeu o fluxo de produtos refinados da costa do Golfo dos EUA para a costa atlântica dos EUA.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Parabéns, você já está cadastrado para receber diariamente a Newsletter do CISO Advisor

Por favor, verifique a sua caixa de e-mail: haverá uma mensagem do nosso sistema dando as instruções para a validação de seu cadastro. Siga as instruções contidas na mensagem e boa leitura. Se você não receber a mensagem entre em contato conosco pelo “Fale Conosco” no final da homepage.

ATENÇÃO: INCLUA [email protected] NOS CONTATOS DE EMAIL

(para a newsletter não cair no SPAM)