flight-route-888686_1280.jpg

Ataque à Swissport International causou atraso de voos

Da Redação
05/02/2022

A empresa de serviços de aviação Swissport International informou ontem pelo Twitter que sofreu um incidente cibernético: “Uma parte da infraestrutura de TI da Swissport foi alvo de um ataque de ransomware. O ataque foi amplamente contido e estamos trabalhando ativamente para resolver o problema o mais rápido possível. A Swissport lamenta qualquer impacto que o incidente tenha tido em nossa prestação de serviços”. A Swissport presta serviços em aeroportos como lounges e manuseio de carga; ela é de propriedade de um grupo internacional de investidores e tem sede em Opfikon, Suíça.

Veja isso
Aviação é alvo do ransomware em 2022, prevê Avast
Cibersegurança lidera lista de investimentos do setor aéreo

Os serviços já foram restabelecidos. De acordo com um porta-voz do Aeroporto de Zurique, um dos clientes da Swissport, e também com um novo post da empresa no Twitter. O ataque cibernético começou na manhã de quinta-feira e causou pequenos atrasos (de três a 20 minutos) em mais de 25 voos. A empresa disse em seu último post: “Incidente de segurança de TI na Swissport contido. Infraestrutura afetada rapidamente colocada offline. Soluções alternativas manuais ou sistemas de fallback garantiram a operação em todos os momentos. Limpeza e restauração completas do sistema em andamento. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente”.

Pouco se sabe sobre o ataque neste momento. Em particular, não está claro de que tipo de ransomware e se os hackers conseguiram roubar os dados da empresa.

Desde a semana passada, este é o terceiro incidente que causa interrupções na operação de empresas de infraestrutura crítica. No início de fevereiro, os extorsionários de ransomware paralisaram os depósitos de petróleo das petrolíferas alemãs Oiltanking e Mabanaft e, alguns dias depois, terminais de petróleo em vários dos principais portos europeus foram submetidos a um ataque cibernético.

A Swissport atende cerca de 282 milhões de passageiros e manuseia 4,8 milhões de toneladas de carga anualmente, em nome de cerca de 850 empresas-clientes do setor de aviação. Com uma força de trabalho de cerca de 66.000 funcionários, a Swissport está ativa em 307 locais em 50 países e gera receita operacional consolidada de 2,8 bilhões de euros.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar: