Assistente da Microsoft para resposta a incidente integra GPT-4

Empresa anunciou o Security Copilot, novo assistente com tecnologia GPT-4 da OpenAI desenvolvido com inteligência artificial que aproveita a inteligência de ameaças da fabricante de software
Da Redação
28/03/2023

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, 28, o Security Copilot, novo assistente com tecnologia GPT-4 da OpenAI desenvolvido com inteligência artificial que aproveita a inteligência de ameaças da fabricante de software para tomar decisões mais rápidas durante a resposta a incidentes e ajudar na busca de ameaças e gerar relatórios de segurança.

“O Microsoft Security Copilot é uma ferramenta de análise de segurança com inteligência artificial que permite que os analistas respondam rapidamente às ameaças, processem sinais na velocidade da máquina e avaliem a exposição ao risco em minutos”, disse a companhia em um comunicado à imprensa.

O Security Copilot responde às perguntas relacionadas à segurança por meio de uma interface semelhante ao ChatGPT e aprende continuamente com essas interações para se adaptar a cada ambiente corporativo para aconselhá-los sobre o melhor curso de ação.

Ele capacita as equipes de segurança a gerenciar situações complexas de segurança com mais eficiência, e seu objetivo principal é aprimorar os recursos dos analistas de segurança, acelerando o resumo e a interpretação da inteligência de ameaças, permitindo que detectem atividades maliciosas com muito mais rapidez ao analisar o tráfego da web.

Segundo a Microsoft, o Security Copilot também ajudará na detecção de ameaças anteriormente negligenciadas, correlacionando os sinais de atividade de ameaças e fazendo as conexões corretas enquanto inspeciona os dados do ataque. Ele é alimentado pelo modelo avançado de linguagem ampla (LLM) GPT-4 da OpenAI combinado com o que a Microsoft descreve como um “modelo específico de segurança” projetado por seus engenheiros.

Veja isso
Europol alerta para possíveis usos criminosos do ChatGPT
OpenAI diz que bug vazou dados sensíveis de usuário do ChatGPT

O novo assistente também integra dados e insights de outras ferramentas de segurança da Microsoft (incluindo Sentinel, Defender e Intune) para fornecer orientação personalizada para cada organização. “Em segurança, os minutos contam. Com o Security Copilot, os defensores podem responder a incidentes de segurança em minutos, em vez de horas ou dias”, disse o vice-presidente corporativo de segurança da Microsoft, Vasu Jakkal.

“O Security Copilot fornece orientação e contexto passo a passo por meio de uma experiência de investigação baseada em linguagem natural que acelera a investigação e a resposta a incidentes.”

O anúncio ocorre após a apresentação do novo assistente do Microsoft 365 Copilot há duas semanas, também desenvolvido com GPT-4 e projetado para aumentar a produtividade dos clientes nos aplicativos M365, do Word, Excel, PowerPoint, Outlook e Teams ao Microsoft Viva e Power Platform.

Compartilhar:

Últimas Notícias