Anonymous declara guerra a grupo guerrilheiro islâmico

Paulo Brito
30/06/2014
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Anonymous declara guerra ao ISIS
Logotipo da operação

O coletivo Anonymous está declarando guerra ao grupo ISIS, na verdade uma terceira geração da AlQaeda, depois da invasão feita por supostos integrantes do ISIS à conta de Twitter do Anonymous e publicação de fotos contendo cenas de massacres cometidos no Iraque e na Síria. A campanha do Anonymous se chama “N2ISIS” (ou ‘no to Isis’) e está se viralizando nas redes sociais, inclusive no Whisper, onde as mensagens podem ser publicadas anonimamente. O hashtag #NO2ISIS lançada dia 17 de junho alcançou 100 mil seguidores em quatro dias. O Anonymous publicou um vídeo (veja nesta página) explicando os acontecimentos e a retomada da conta do Twittter. Os alvos serão objetivos digitais nos países que apoiam o ISIS, entre eles a Arábia Saudita, Kuwait e outros países do golfo.

O ISIS ou Islamic State in Iraq and Syria é um grupo de militantes originário da AlQaeda e que se desenvolveu no Iraque a partir de 2006, crescendo muito após a retirada das tropas americanas. O nome original (em inglês) era Islamic State in Iraq e recentemente foi acrescentado o nome da Síria. O objetivo do grupo, no momento atacando o norte do Iraque, é formar um estado islâmico com territórios da Síria e do Iraque. A Al-Qaeda formalmente dissociou-se-se dessa afiliada em fevereiro, culminando meses de rixas e expondo a influência cada vez menor das lideranças do grupo através de uma nova geração emergente de radicais. O repúdio da Al-Qaeda ao projeto do ISIS veio após o fracasso dos esforços do líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, para resolver uma disputa entre o ISIS e o grupo Jabhat al-Nusra, oficialmente participante da Al-Qaeda.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest