Amex tem cartões roubados após invasão à processadora

Em notificação de violação de dados apresentada ao Estado de Massachusetts, a empresa alertou os clientes que os seus cartões de crédito podem ter sido roubados
Da Redação
05/03/2024

A American Express está alertando os clientes sobre uma violação de dados que expôs um grande número de cartões de crédito depois que uma processadora de pagamentos contratada foi hackeada — o nome da empresa não foi divulgado.

Em comunicado, a bandeira de cartões ressaltou que o incidente não foi causado por uma violação de dados à empresa, mas à processadora de pagamentos. Na notificação de violação de dados apresentada ao Estado de Massachusetts, sob a designação “American Express Travel Related Services Company”, a empresa alertou os clientes que os seus cartões de crédito podem ter sido roubados.

“Tomamos conhecimento de que um provedor de serviços terceirizado contratado por vários varejistas teve acesso não autorizado ao seu sistema”, explica a notificação. “As informações da conta de alguns de nossos membros do cartão, incluindo algumas informações da conta, podem estar envolvidas. É importante observar que os sistemas de propriedade ou controlados pela American Express não foram comprometidos por este incidente, e estamos enviando este aviso a você como uma medida cautelar.”

A violação possibilitou que números de contas, nomes e dados de validade do cartão American Express dos clientes fossem acessados pelos hackers. Entretanto, não está claro quantos clientes foram afetados, qual processadora de pagamentos foi violada e quando o ataque ocorreu.

Veja isso
Hacker vaza dados de 10 mil contas da American Express gratuitamente
AmEx e Microsoft são as marcas líderes em phishing financeiro

A American Express disse que notificou as autoridades reguladoras e está alertando os clientes afetados. “Quando tomamos conhecimento de um incidente de segurança de dados que afeta nossos clientes, iniciamos imediatamente uma investigação e notificamos as autoridades reguladoras apropriadas, conforme necessário”, disse.

Em nota enviada ao BleepingComputer, a empesa garantiu que se o cartão de crédito do titular for usado para fazer compras fraudulentas, ele não será responsáveis pelas cobranças.

A American Express aconselha os clientes a revisar o extrato de sua conta nos próximos 12 a 24 meses e relatar qualquer comportamento suspeito.

Para acessar a notificação de violação de dados apresentada ao Estado de Massachusetts (em inglês) clique aqui.

Compartilhar:

Últimas Notícias