banner senha segura
senhasegura
Adware.jpg

Adware é ameaça mais significativa para Android

Pesquisadores de ameaças também descobriram um aumento de aplicativos falsos e trojans bancários
Da Redação
17/06/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O adware continua sendo a ameaça mais significativa para os telefones e tablets com sistema operacional Android, representando 45% das ameaças para dispositivos móveis nos primeiros cinco meses do ano. Os aplicativos falsos ficaram em segundo lugar com 16% e os trojans bancários na terceira posição, com 10%. Outros tipos de malware incluem downloaders, spyware e lockers/ransomware para dispositivos móveis.

O adware exibe anúncios intrusivos e atrai os usuários para realizar o seu download, fingindo ser aplicativos legítimos. Um exemplo recente de adware se espalhando amplamente é a família HiddenAds, reportada pela última vez pela Avast em outubro do ano passado. A Avast detectou dois tipos principais de adware: o tipo “tradicional”, que são aplicativos de jogos, fotos e outros de estilo de vida que parecem ser atraentes, com o intuito de atrair as pessoas para baixá-los e, então, os usuários começam a receber spam com anúncios dentro e fora do app. 

Outro tipo comum é chamado de fraude publicitária. Este adware inicia atividades maliciosas em segundo plano e, uma vez baixado, mostra propagandas fora do contexto, anúncios em notificações ou ainda usa outras técnicas agressivas de publicidade. Às vezes, o adware também exibe anúncios com conteúdo malicioso, razão pela qual a proteção contra adware é tão importante. Em caso de fraude publicitária, um arquivo criptografado pode ser baixado automaticamente junto com o aplicativo, que então dispara cliques nos anúncios sem que os usuários saibam ou se inscrevam em serviços premium.

A segunda ameaça móvel mais disseminada, os aplicativos falsos, são apps que se apresentam como algo que não são, por exemplo, às vezes podem se passar por aplicativos legítimos como um app de rastreamento de covid-19 confiável ou um AdBlocker, que é um exemplo de ameaça para dispositivo móvel que os pesquisadores da Avast vêm observando nos primeiros meses de 2021. Os aplicativos falsos podem conter funcionalidades para espionar o usuário, expô-lo a anúncios ou outras atividades maliciosas.

avast tipos de malware em android brasil

Os trojans bancários ou “bankers” operam de forma furtiva, visando ganhar a confiança dos usuários para que o app seja baixado com o objetivo de roubar os seus dados bancários. Os trojans bancários se disfarçam como aplicativos genuínos, para acessar informações dos bancos dos usuários desavisados e induzi-los a revelar os detalhes de suas contas bancárias, fingindo ser um app bancário legítimo e imitando a tela de login ou fornecendo uma tela de login genérica com o logotipo do respectivo banco.

“Hoje em dia, especialmente depois que a pandemia nos atingiu, os nossos smartphones e dispositivos são os nossos companheiros diários e podem se tornar um verdadeiro aborrecimento ou, até mesmo, um grave risco de segurança se um telefone e os dados nele contidos forem expostos a um malware para dispositivo móvel”, comenta Ondrej David, analista de ameaças para dispositivos móveis da Avast. “O malware em dispositivos móveis, o adware em particular, muitas vezes vem na forma de um aplicativo de jogo ou de entretenimento que parece ser inofensivo, mas o que os usuários não sabem é que o seu dispositivo está realizando atividades maliciosas em segundo plano.”

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório