ataque tipo stuxnet

Adoção de zero trust está ganhando espaço em OT

Da Redação
14/07/2022

O setor de infraestrutura crítica está avançando na adoção de zero trust para proteger seus ativos, apesar de algum ceticismo em relação ao assunto: 88% dos líderes de segurança cibernética de OT já tomaram medidas para adotar zero trust informa um estudo publicado hoje pela empresa Xage, sediada em Palo Alto (CA) e fornecedora de soluções de IAM, acesso remoto e segurança dinâmica. O estudo foi feito com dados fornecidos por 250 profissionais de segurança cibernética dos setores de energia, aeroespacial, operações portuárias, transporte, operações de dutos, serviços públicos e cadeia de suprimentos e armazenamento de varejo.

Veja isso
Proteção de OT caminha a passos muito lentos
Infraestrutura crítica: amostra indica violações em 83%

Notavelmente, pouco mais da metade (58%) dos líderes de segurança encontrou um caminho para zero trust que não exige uma revisão do equipamento – uma demanda disruptiva e cara para qualquer operação industrial. Está bastante claro que os ambientes operacionais estão caminhando para a confiança zero. Alguns estão se movendo mais rápido do que outros, com quase metade ainda visualizando uma remoção completa e substituição de seus sistemas existentes como o único caminho a seguir. Outras conclusões

  • 100% dos líderes de segurança cibernética OT têm planos de adotar confiança zero.
  • A maioria (58%) encontrou caminhos para a confiança zero que não exigem uma revisão do equipamento, deixando 42% em risco de prazos de implementação mais lentos e custos mais altos.
  • 93% afirmam que a adoção de confiança zero é “inevitável”.
  • 88% já tomaram medidas para adotar uma postura de segurança de confiança zero.
  • 61% admitem que as estratégias reativas centradas na detecção de ataques para OT não são suficientes para evitar violações.
  • 64% dizem que já adotaram uma abordagem de segurança proativa para bloquear e conter ataques antes que eles se espalhem.
  • 55% admitem que adotar a confiança zero acelera a transformação digital.
  • outros benefícios importantes incluem experiência aprimorada do usuário (60%), operações mais eficientes (52%) e economia de tempo ou dinheiro (42%).

A pesquisa está em “https://xage.com/securing-critical-infrastructure-the-journey-to-zero-trust/”

A Xage anunciou hoje ter recebido investimento da Chevron Technology Ventures para acelerar ainda mais o uso de confiança zero na proteção de energia e outras infraestruturas críticas contra ameaças cibernéticas. O capital adicional estende o financiamento de capital de risco da série B da Xage pela segunda vez nos últimos dois meses, elevando o financiamento total da Xage até o momento para US$ 62 milhões.

Compartilhar: