Adobe alerta mercado para que todos desinstalem Flash Player

A Adobe está recomendando a todos que removam os links de download e impeçam a execução de conteúdo baseado em Flash no Adobe Flash Player antes de 31 de dezembro
Da Redação
23/06/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Adobe não pretende adiar mais o ‘sepultamento’ do Flash Player, uma solução multimídia (principalmente para browsers), que ela lançou em 1996. O fim da vida útil do Flash Player está sendo anunciado há bastante tempo, e uma das razões é a quantidade de brechas de segurança que ele traz para o usuário.

Foi em julho de 2017 que a empresa comunicou pela primeira vez que não mais atualizaria nem distribuiria o Flash Player a partir do final de 2020. Em uma nova postagem na página de informações End Of Life (EOL) do Adobe Flash Player, a Adobe afirmou que após 31 de dezembro suspenderá as atualizações do Flash, recomendando a todos que removam os links de download do Flash Player de sites e impeçam a execução de conteúdo baseado em Flash no Adobe Flash Player.

Veja isso
Exploit via Flash Player e payload duplo em Kit Nuclear
Governo dos EUA aponta as vulnerabilidades mais exploradas

A comunidade de segurança sabe que o Flash é um dos alvos favoritos em ataques cibernéticos, principalmente para exploitkits (kits de exploração), ataques de zeero day e esquemas de phishing. Essas falhas mais o surgimento de padrões abertos (como HTML5, WebGL e WebAssembly) que servem como alternativas viáveis para o conteúdo exibido em Flash levaram a Adobe a decidir pela interrupção no suporte.

Segundo o último comunicado, “a Adobe não publicará atualizações do Flash Player ou patches de segurança após a data da EOL. Recomendamos que todos os usuários desinstalem o Flash Player antes da data de EOL (consulte as instruções de desinstalação manual para usuários de Windows e Mac). Os usuários serão solicitados pela Adobe a desinstalar o Flash Player em suas máquinas ainda este ano e o conteúdo baseado em Flash será impedido de ser executado no Adobe Flash Player após a Data da EOL”.

O anúncio do fim de vida útil tem certo impacto nos desenvolvedores, empresas e consumidores que usam ambientes ou navegadores SO específicos, o que fez a Adobe trabalhar com uma série de parceiros de tecnologia (incluindo Apple, Facebook, Google, Microsoft e Mozilla) na preparação para esse momento.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório