usa-2018855_1280.jpg

36 países discutem na Casa Branca combate ao ransomware

Da Redação
01/11/2022

Começou ontem e termina hoje a segunda reunião de cúpula das “Iniciativas de Combate ao Ransomware”, convocada pelo governo dos Estados Unidos, reunindo presencialmente líderes de 36 países e da União Europeia. A Rússia não entrou na lista de convidados da Casa Branca devido a alegações de abrigar organizações que distribuem ransomware.

A primeira reunião de cúpula foi virtual, em 2021, e seu trabalho está sendo desenvolvido em cinco áreas para moldar um conjunto de discussões sobre como é possível continuar fortalecendo parcerias internacionais e combater de forma mais eficaz as ameaças de ransomware.

Veja isso
Alto risco cibernético em oleodutos, alerta Casa Branca
Governo dos EUA escaneará dispositivos a cada 2 semanas

Este ano haverá mais participantes no encontro, pois além dos líderes dos países, participarão da cúpula representantes de 13 empresas de todo o mundo. “Esta é apenas a primeira rodada para saber como as empresas privadas veem o problema. É para ter certeza de que não estamos fazendo isso da maneira tradicional de governo para governo, mas envolvendo representantes do setor privado que têm uma visão única, capacidades e compreensão do problema do cibercrime”, disse um funcionário do governo, observando que todos os participantes estarão prontos para discutir como o governo e o setor privado podem trabalhar juntos para resolver um problema global.

O evento conta com a presença da Microsoft, Palo Alto Networks, Siemens, SAP e das empresas de segurança da informação Crowdstrike e Mandiant.

Toda a conferência será realizada a portas fechadas, com exceção da sessão pública de encerramento na terça-feira. O primeiro dia foi na Sede do FBI com a participação do Diretor do Bureau, Christopher Wray. O dia começou com um briefing detalhado sobre ameaças cibernéticas do FBI, do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional (ODNI) e da Agência de Proteção Cibernética e Infraestrutura dos EUA (CISA), disse um funcionário do governo. Hoje o encontro será no Departamento do Tesouro.

Compartilhar: