Ransomware Locky se espalha pelo mundo

A G Data, fornecedora de soluções antivírus, representada no Brasil pela FirstSecurity, identificou uma ação devastadora do ransomware Locky, infectou milhões de computadores em todo o mundo nos últimos dias e que está causando grande confusão entre os usuários de computador que acessam a Internet graças à sua grande capacidade de mutação e criar novas variantes.

O ransmoware é um malware que criptografa o conteúdo armazenado no computador infectado e exige um resgate em dinheiro em troca da devolução das informações raptadas.

O Locky, que chega até as vítimas por e-mail, também é capaz de se mover em torno da rede corporativa e criptografar tudo o que está em caminho, incluindo arquivos e backups compartilhados.

A G Data divulgou algumas dicas para que o usuário doméstico ou corporativo evita se tornar vítima do Locky:

–  Faça backups regulares. Este é um grande recurso que evita o pagamento de resgate aos criminosos.
–  Desative as macros;
–  Não abra anexos com de aparência suspeita, especialmente se a mensagem encoraja fazê-lo urgentemente;
–  Mantenha todos os programas de computador atualizados, inclusive o sistema operacional;
–  Instale um software antivírus com recursos abrangentes e mantenha-o sempre atualizado;
–  Cuidado com as faturas, notas fiscais e outros documentos que chegam por e-mail: eles podem ser iscas de vírus;
–  Mantenha backups em mídias separadas e não conectado ao computador. Backup na computação em nuvem é uma boa alternativa;
–  Nas empresas é necessário estabelecer políticas de segurança para as equipes, de modo que nem todos têm os mesmos privilégios e acessos em seus computadores.

Pagar ou não pagar?
A G Data recomenda não fazer qualquer pagamento aos bandidos. Não há garantia que as informações criptografadas sejam realmente devolvidas. A realidade mostra que novas tentativas de extorsão ou criptografia acontecem após o pagamento.
Mais informações sobre as soluções G Data no Brasil: http://www.firstsecurity.com.br

Compartilhe
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin