busca twitter linkedin facebook fale anuncie blogs eventos categorias home headlines instagram home apex chemicals

Brasileiros protegem mal smartphones e PCs

Duas pesquisas da Avast, fabricante do sistema de segurança mais confiável do mundo para dispositivos móveis e PCs, mostram que a maioria dos usuários brasileiros de dispositivos móveis está preocupada com a segurança de suas informações, e que a maioria dos usuários de desktops diz utilizar senhas seguras. Mas as pesquisas mostram que nos dois casos faltam boas práticas de segurança: só 39,0% dos smartphones são bloqueados com senha; e 93,5% dos usuários de desktops dizem que usam senhas fortes, mas 95% deles criam senhas fracas, apenas com letras e algarismos.

O estudo da Avast, feito em outubro de 2015, revelou que a maioria dos sites de web mais visitados no Brasil não levam os usuários a escolher senhas seguras. A Avast descobriu também que 50,5% dos brasileiros que usam PCs trocam suas senhas só uma vez por ano ou com menor frequência. E desses, 12,4% só fazem a troca após informados de uma violação de dados ou roubo de identidade. Entre os usuários de smartphones, 75,95% se dizem procupados ou muito preocupados com a possibilidade de que alguém veja informações pessoais nos dispositivos, mas 61,02% não colocam senha sequer para o chip.

Em caso de violação de dados, os usuários brasileiros de smartphones preferem que haja acesso a suas fotos comprometedoras (52,78%) e não a suas informações bancárias (47,22%). Um total de 36,29% declarou que se pudesse bloquear uma aplicação seria a de mobile banking, vindo em segundo lugar o WhatsApp com 26,66%. Para os usuários brasileiros de PCs, o pior pesadelo seria uma invasão do site do seu banco.

“Enquanto os brasileiros estão legitimamente preocupados com a privacidade, há una desconexão entre essa preocupação e as medidas que tomam para proteger a si mesmos”, disse Vince Steckler, CEO da Avast. “Os usuários têm uma grande variedade de dispositivos e senhas, e quando se sentem incomodados tendem a fazer práticas não seguras, que colocam em perigo sua privacidade”.

A Avast descobriu que somente 23,21% dos usuários de desktops usam senhas com mais de oito caracteres; e que apenas 7,92% usam uma combinação que inclui caracteres especiais. Para piorar, os sites da web facilitam a adoção de senhas fracas: dos 20 endereços de web mais visitados pelos Brasileiros, 12 permitem senhas com 6 caracteres, dos quais um permite senhas com 5, um permite com 4 e um com apenas 1 caractere.

“Se deixamos as senhas muito fáceis para os hackers, eles podem tirar a nossa privacidade, seja por nossa própria preguiça na criação de senhas ou porque os sites visitados não exigem mais de nós”, disse Steckler, acrescentando que “devemos proteger a nossa privacidade, mudar o nosso comportamento, e isso inclui o uso de técnicas mais desenvolvidas de gerenciamento de senhas”.

Relatório completo smartphones, https://goo.gl/vyM2L3
Relatório completo desktops, https://goo.gl/6MM63J

Avast 2016, Avast Mobile Security e Avast SecureMe

Para ajudar os usuários a ter menos preocupações com sua privacidade, a Avast está lançando três novos produtos redesenhados: o Avast 2016, o Avast Mobile Security e o Avast SecureMe. Cada uma dessas ferramentas ajudará a reduzir a complexidade normalmente associada à proteção da informação privada e pessoal, ao mesmo tempo proporcionando aos usuários alta qualidade na proteção antivírus da Avast, à qual já estão habituados.

As novas características do Avast 2016 incluem:

Passwords: o Avast Passwords gera automaticamente senhas extremamente fortes, que os usuários não têm de lembrar – eles estabelecerão uma única senha principal para acessar suas outras, sincronizando todas através de seus dispositivos. A solução da Avast confirma a segurança da senha de um usuário e apaga todas as senhas armazenadas no navegador desse usuário. Além disso, faz a ele um alerta caso suas credenciais sejam roubadas numa invasão de dados em algum site da web. O Avast Passwords é uma solução multi-plataforma – os usuários podem sincronizar suas senhas em todos os seus dispositivos, incluindo iOS e Android, por meio da sua conexão com a sua Conta Avast.

Navegador com Zonas Seguras: Isola todos os sites de bancos e pagamentos online em ambiente protegido, enquanto sites suspeitos são automaticamente abertos em uma área virtual isolada.

O Avast Mobile Security para Android, completamente redesenhado e grátis inclui:

Proteção superior contra Mobile Malware – O Avast Mobile Security proporciona aos usuários a mais avançada proteção contra malware móvel disponível, agora ainda mais rápida com o motor de escaneamento em nuvem da Avast.

Conselheiro de privacidade – informa ao usuário sobre os dados aos quais os aplicativos têm acesso, assim como as redes de propaganda nesses aplicativos.

Segurança de Wi-Fi – avisa quando o usuário se conecta a roteador não-seguro.

Bloqueio ilimitado de aplicativos os usuários podem proteger com senha qualquer aplicativo de seu dispositivo, ou todos eles, obtendo mais uma linha de defesa contra curiosos.

O Avast SecureMe é uma aplicação de privacidade completamente nova para os usuários de iPhone e iPad:

Segurança de Wi-Fi – mesmo recurso do Avast Mobile Security. Os usuários serão notificados quando se conectarem a um roteador não-seguro.

VPN – O Avast SecureMe estabelece uma conexão segura quando o usuário se conecta a um Wi-Fi aberto (sem senha).

O Avast 2016 já está disponível para download em www.avast.com. O novo aplicativo Avast Mobile Security pode ser encontrado na Google Play Store e o SecureMe da Avast na Apple App Store em poucos dias.

As pesquisas da Avast no Brasil foram feitas com 10.253 usuários de PCs e 5.264 de smartphones, em outubro de 2015.

Ciso_logo_75porcento